Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Vale a pena pensar nisto... (ou talvez não)

por Pequeno caso sério, em 31.12.18

2018 chega ao fim e é hora de fazer o balanço... ou pelo menos refletir sobre algumas coisas que me moem.

 

Quanto a vocês não sei, mas para mim este foi um ano nheca cujos últimos quatro meses foram um verdadeiro teste aos nervos e onde, a cada dia que passa, me questiono o que será de nós se um dia tivermos o azar de precisar de recorrer às urgências de um hospital. Levamos a vida a trabalhar que nem loucos em nome do bem estar(?) e, de repente, vem uma puta de uma doençazeca que, na melhor das hipóteses, nos tira o sono durante uns tempos e fará colocar tudo em perspetiva. 

 

Pergunto - me também que merda de país é este que me suga uma parte substancial do vencimento em impostos para financiar sabe lá Deus quantas fundações, banqueiros com amnésia ou políticos com especial apetência por fotocópias, deixando os cofres do estado à míngua sem capacidade para pagar a quem de direito.Falo dos profissionais de quem precisamos e que injustamente desvalorizamos: enfermeiros e professores. Os primeiros, que estão sempre na linha da frente quando precisamos de alguém que efetivamente cuide de nós. Os segundos, a quem entregamos os nossos filhos diariamente (e que fazem muito do trabalho que devia ser nosso) e a quem exigimos "só" a excelência sem nunca nos lembrarmos que antes de serem professores,  são seres humanos.

 

Pergunto - me que espécie de gente nos tornámos que posta toda a merda e um par de botas mas não faz a porra de um telefonema (ou visita) àquela pessoa que, abnegadamente, tanto nos deu de si. Temos de beber um cafezinho e pôr a conversa em dia ! - dizemos. Quando? Um dia destes. Quando houver tempo. Sempre o filha da puta do tempo que nos escapa entre os dedos.

 

Assusta-me  pensar que aquela pessoa "insuspeita" foi capaz de abandonar o seu animal sem sequer olhar para trás. 

 

Mas isto sou só eu a pensar.

Não liguem.

Muito provavelmente é a gordura a subir - me à cabeça que me faz ficar tão...lúcida. 

 

Entra um novo ano e com ele a crença, ou a esperança, vá,  de que tudo vai ser diferente. Melhor. 

Por via das dúvidas, vou beber uns canecos que esta coisa da lucidez não me faz bem nem tem muito a ver comigo. 

 

giphy-1.gif

A todos os que por aqui andam desejo,de coração, que o ano que se avizinha vos traga apenas coisas boas. Se isso não acontecer, uma coisa é certa: basta continuarem a visitar este canto que durante (pelo menos) 10 segundos a vida não parecerá assim tão bera . 

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Perfil Facebook

De Magui Ferreira a 31.12.2018 às 10:38

Vale muito a pena pensar nisso e mais que isso vale muito a pena lutar por isso.
Espero que essa coisa da doençazeca esteja ultrapassada.
Para ti e para os teus desejo um ano maravilhoso com tudo aquilo que a vida traz de melhor.
Grande abraço
Voltamos a encontrar-nos nos sítios do costume.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 01.01.2019 às 14:37

É "O" meu desejo para 2019: que as maleitas tenham ficado em 2018 e que daqui para a frente seja tudo bem melhor.

Obrigada, companheira virtual. Desejo o mesmo para ti e para os teus.

O sítio do costume tem dois lugares cativos reservados : O meu e o teu.
Imagem de perfil

De Paula Rocha a 31.12.2018 às 11:51

Bom ano pequeno caso sério, para ti e para toda a família.
Beijinhos
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 01.01.2019 às 14:38

Obrigada Paula! Desejos retribuído em dobro para ti e para todos os que te são importantes.
Imagem de perfil

De Happy a 02.01.2019 às 15:33

Essa lucidez que faz tanta falta...
Um óptimo ano para ti e para a tua família!
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 02.01.2019 às 16:28

Será? ... (às vezes penso que quanto mais ignorantes formos, menos sofremos...)


Obrigada Happy. Tudo de bom para ti e para os teus também.

Comentar post



foto do autor




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.