Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A mãe é que sabe

por Pequeno caso sério, em 05.03.21

Sabem aquela mania estúpida  em que um membro do casal contraria a medida corretiva que o outro aplicou ao filho? Pois.

Normalmente, dá merda e castiga-se duplamente a criança: primeiro pela asneira que fez, e segundo, porque percebe que os pais se chatearam por sua causa. 

Por isso, da próxima vez que tal vos acontecer, pensem muito bem se querem mesmo desautorizar o primeiro que castigou...sobretudo se a primeira a chegar tiver sido a mãe...

20210303_114700.jpg

csscissors.jpg

Tags:

Rasgos de normalidade (?)

por Pequeno caso sério, em 04.03.21

Se é verdade que o Covides nos retirou a vida como a conhecíamos, também é verdade que o ser humano se tem superado para tornar a sua existência o mais aproximada possível da realidade pré pandemia.

Teletrabalho;

Treinos on-line;

Ensino à distância;

Video consultas;

Compras on-line;

Video chamadas;

E mais um sem número de atividades que dantes se faziam maioritariamente no exterior mas que tiveram de passar a ser feitas em casa.

Até aquelas que considerávamos impossíveis de realizar dentro de portas, como por exemplo, andar de transportes públicos ,

20210303_114532.jpg

ou até ir até à praça central da terra para alimentar os pombos

20210303_114514.jpg

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

 

Continuam a achar que  EU é que tenho um parafuso mal apertado? Pois. 

csscissors.jpg

Tags:

Gelo

por Pequeno caso sério, em 03.03.21

Acácio e Manel falavam de maleitas:

 

Acácio- Dasss 'pá, tenho o corpinho todo dorido...

 

Manel- Então? Como é que te arranjaste?

 

Acácio- Olha, como ressono é rara a noite em que não me calha ir dormir para o sofá...

 

Manel- Devias ir tratar disso...

 

Acácio- De quê ? Dos ossos ?

 

Manel- Não 'pá, do ressonar...olha que isso ainda acaba em divórcio...

 

Acácio- Olha que chatice! 'Tou farto daquela gaja! Era a minha sorte! 

 

Manel- Mau...então isso já está assim?

 

Acácio- Está! Mas neste momento as dores moem-me mais que aquela gaja! 

 

Manel- Conheço um ortopedista muito bom.

 

Acácio- Diz-me quem é que eu vou! Mal não me há-de fazer. 

 

 

E assim foi. 

Manel deu o nome do ortopedista ao amigo e desejou-lhe as melhoras.

Passou uma semana e Manel nunca mais soube do amigo. Não aparecia, não telefonava...nada.

Manel começou a ficar preocupado e resolveu ir a casa do amigo.

Quando lá chegou foi recebido pela mulher :

 

Manel- Então o Acácio? Está tudo bem com ele? Nunca mais o vi...não me liga...comecei a ficar preocupado...

 

Mulher do Acácio- Não fiques. Aquilo é tudo fita! É mais piegas que um bebé...

 

Manel- Ai fico pois! Onde é que ele está?

 

Mulher do Acácio- A fazer o que o parvalhão do médico mandou...

 

Manel- E posso vê-lo?

 

Mulher do Acácio- Podes. Está lá fora no quintal...

 

Manel- No quintal?!

 

Mulher do Acácio- Claro! Onde é que querias que ele estivesse?! O estúpido do médico mandou-o por gelo em todo o lado onde sentisse dor...

 

20210302_180801.jpg

csscissors.jpg

Tags:

Me Fit ? No way José!

por Pequeno caso sério, em 02.03.21

Teletrabalho. 

Real cagueiro  sentado o dia quase todo.

Dores nas costas.

Dores nos joelhos.

Dores nos pulsos.

Dores no pescoço. 

Dores nos ombros.

Fome.

Snacks do demóine.

Peso a mais.

 

CHEGA!

Isto não pode continuar! 

Tenho de fazer alguma coisa.

 

Decido experimentar yoga.

 

A  instrutora:

20210301_224407.jpg

20210221_142425.jpg

Desisto.

Vou ali enfardar umas oreos.

E um pacote de batatas fritas . 

csscissors.jpg

Tags:

Cuidado com a língua !

por Pequeno caso sério, em 01.03.21

Têm filhos pequenos? Então cuidadinho com o que dizem. Especialmente se estiverem a conduzir. 

Porquê?

Porque provavelmente, raça dos putos irão absorver e reproduzir o que ouviram e deixar-vos encaralhados no sítio mais impróprio.

Não acreditam? Pois. O costume.

Partilho convosco o que se passou com o Jaime e com o filho Diogo que tem 5 anos.

Jaime, homem pacato, assim que agarra no volante transforma-se e tem claramente uma condução agressiva. Como é que eu descobri?

Ouvi o filho dele gritar a um homem que se aproximou enquanto ele ia sentado no carrinho das compras do Lidl:

"Deves ser muito gordo para não caberes na tua faixa, ó corno de merda!"  

FeistySomberFruitbat-small.gif

E o Jaime? Se tivesse um buraco tinha-se enfiado lá dentro.

Mas aprendeu a lição.

A partir de agora tudo fará para que não se volte a repetir. 

Se vai moderar a agressividade durante a condução ? Vai pois :

 

20210228_205834.jpg

 

csscissors.jpg

Tags:

Uma anedota por dia, não sabe o bem que lhe fazia #50

por Pequeno caso sério, em 26.02.21

Num bloco de cirurgia mesmo antes da dita acontecer:

 

médico- Tem calma Rui...é só um pequeno corte com o bisturi...não estejas nervoso...

 

paciente- Ó Doutor...eu não me chamo Rui...

 

médico- Eu sei, o Rui sou eu.

 

csscissors.jpg

Pantone

por Pequeno caso sério, em 25.02.21

Já vos aconteceu pintar a casa (ou mandar pintar, vá) e ter de escolher uma cor para as paredes? 

Uma merda, pois é? Pois.

Aquilo é tanta cor, tanto tom e subtom que a 'ssoa fica toda baralhada.

 

 

Com a roupa é mais ou menos a mesma coisa. 

Já não basta a 'ssoa ter de partir a cabeça com o que vai vestir como ainda ter de estar atenta às cores dessa estação. Dou um exemplo : todos os anos por alturas da primavera chega o dilema: 

"Neon é a cor pantone desta estação"

 

E pronto lá começa a corrida às lojas que rapidamente esgotam as peças nessas cores porque as influencers disseram que aquilo é que era fixe.

 

Bem faz a Belinha que se preparou ao longo dos anos todos em que já cá anda a virar frangos.

Qual Belinha? 

A Belinha de Inglaterra :

 

20210224_160159.jpg

 

 

csscissors.jpg

Tags:

Puzzle

por Pequeno caso sério, em 24.02.21

Sei que muitos de vós duvidam que na vida com os meus eu seja mesmo tal como me apresento aqui. Mas sou. Só que em pior. 

Deixo aqui parte de uma conversa de sábado à tarde com as  cobaias que estão sempre a cair nas merdas que invento  ajamigas no whatsapp  :

 

Pequeno caso sério Hoje passei a tarde a fazer um puzzle com 1000 peças...

 

Ajamigas - Tu? Nem parece teu! 

 

 

 

Pequeno caso sério -Pois, mas  como dizem que acalma , decidi experimentar...

 

 

Ajamigas - E chegaste ao fim?!

 

 

Pequeno caso sério - Lá chegarei...mas olhem que isto está a ser tão difícil que já me tirou anos de vida e me fez alguns cabelos brancos...

 

 

Ajamigas- Hã?! Como assim?!

 

 

Pequeno caso sério -

20210220_183611.jpg

 

 Ajamigas -

 

csscissors.jpg

Tags:

Teve uma boa ideia? É patenteá-la depressa.

por Pequeno caso sério, em 23.02.21

Corria o ano de 1815 quando esta que vos escreve entrou na adolescência. E o que é que os adolescentes fazem? Exato. Merda.

Um belo dia decidi que queria ter as unhas grandes para poder bater com as pontas dos dedos na mesa e ouvir o barulho das ditas 🙄. O que é que me impedia?

Levei anos da minha vida em que tive o hábito nojento de roer as unhas. E quando digo roer as unhas, não é cá roer a pontinha e logo a seguir cuspir. Nada disso. Aquilo era roer a unha até ao sabugo incluindo as peles que se levantavam. Se é nojento? Hoje parece mas na altura não havia internet e a pessoa tinha que se entreter com alguma coisa .

Maneiras que um dia olhei para as mãos e achei que, em calhando, já chegava :

20210221_150310.jpg

E o que é que decidi fazer?

Esperar que elas crescessem?

Nã! Arranjei uma solução bem mais rápida que creio ter feito de mim pioneira no conceito nail extensions. Devia ter patenteado o conceito, pois era? Pois. #parvademerda 🤦‍♀️💩

Ora o que é que esta cabeça se lembrou?

Agarrar em pensos rápidos, cortar as pontas e colá-las onde era suposto existir unha: 

 

20210221_145512.jpg

E quando eu pensava que esta inofensiva e indolor solução só podia vir de uma cabeça que claramente não tem os fusiveis todos desde tenra idade, eis que a internet me mostra que há piores :

 

20210221_142337.jpg

 

csscissors.jpg

Tags:

Então Pequeno caso sério...

por Pequeno caso sério, em 22.02.21

...'qué tens a dzer sobre a chegada da missão espacial a Marte com a largada do robô que vai permitir descobrir se existiu vida no planeta vermelho?- perguntam vocês com esse ar de quem acha que desta é que me apanharam na curva na esperança de eu não perceber nada sobre este assunto.

 

Deixem-me que vos diga que a vossa falta de fé na minha cultura geral é triste. Já deviam saber que o meu espetro de interesses vai desde penicos medievais até ao Cosmos. E é nesse sentido que vos afianço que não havia necessidade de gastar aquela dinheirama toda , sendo que cá na Terra, há muitas coisas onde é necessário investigação a sério. Por exemplo, partilho da opinião do humorista Carlos Vidal quando afirma não perceber como é que o ser humano é capaz de enviar missões a Marte e nós, se queremos ter internet no quarto, temos de comprar amplificadores de sinal. Mistérios desta vida que nunca ninguém há-de desvendar. #arrotapelintra

 

Se queriam saber se há vida em Marte, falavam comigo que ficava mais em conta :

20210220_140400.jpg

Tenho p'ra mim que não é boa ideia mexer com esta malta. É deixá-los sossegados, sim? Agradecida.  Medo? Não! É receio.

csscissors.jpg


foto do autor




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.