Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




S.O.S

por Pequeno caso sério, em 22.07.20

(interrompemos o habitual registo de maluqueira pois a causa merece) 

 

 

É do conhecimento público que se antes da pandemia já havia bastantes casos de violência doméstica, com o confinamento obrigatório, esse número escalou. 

É também sabido que muitas vezes as vítimas são altamente controladas não conseguindo pedir ajuda de forma nenhuma.

Pensando nisso, as farmácias portuguesas puseram mãos à obra e decidiram criar uma espécie de "código" que poderá ser usado pelas vítimas quando forem a um balcão mesmo que estejam acompanhadas pelo agressor . 

Ao usar a expressão "Máscara 19", o farmacêutico saberá exatamente o que fazer.

 

20200721_191730.jpg

    Toca a divulgar. 

csscissors.jpg


10 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.07.2020 às 10:48

https://expresso.pt/coronavirus/2020-04-08-Mascara-19-uma-campanha-para-ajudar-vitimas-de-violencia-domestica-que-nao-esta--nem-esteve--a-funcionar-1

https://visao.sapo.pt/atualidade/sociedade/2020-04-07-violencia-domestica-mascara-19-o-novo-codigo-que-as-vitimas-estao-a-usar-para-pedir-ajuda-nas-farmacias/
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 22.07.2020 às 22:36

Obrigada pelas partilhas
Desconhecia que isto já circulava há meses pois só ontem me cruzei com a imagem. Ainda assim, quantos mais divulgarmos, melhor.



Já agora, só por curiosidade, esclareça-me lá uma coisa:
as partilhas que fez tinham como intuito ...?
🤔
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 23.07.2020 às 13:43

Peço desculpa pelo atraso na minha resposta.
Estas partilhas tinham como intuito demonstrar que essa campanha teve o seu início (ou pelo menos foi noticiada em PT) nos princípios de Abril mas no estrangeiro, nomeadamente (no caso do 1º link) em França, com o apoio do governo francês.
Existiram depois tentativas/apoios nacionais para que esta fosse também adotada em Portugal, nomeadamente pela Assembleia Feminista de Lisboa, que teve o apoio do Centro Hospitalar Universitário de São João, no Porto, e pela Estrutura de Apoio às Vítimas do Seixal.

No entanto, e daí eu ter partilhado estes links, esta campanha nunca funcionou (em PT), não foi concertada entre autoridades responsáveis pela matéria. A Assembleia Feminista de Lisboa, que admite falhas na comunicação, apagou parcialmente a publicação no Facebook mas manteve-a no Twitter e Instagram.

Recomendo vivamente a leitura integral do artigo do Expresso, de onde retiro o seguinte:
“A nossa publicação foi motivada pelo facto de que o cartaz já havia sido divulgado no Facebook por terceiros, tendo a nossa página sido etiquetada, o que nos deixou muito otimistas relativamente ao rumo da campanha. Reconhecemos agora que a mensagem do cartaz deverá ser alterada de forma a que se entenda que a vítima deve recorrer à farmácia em que o cartaz esteja afixado, e não levando a crer que se poderá recorrer a qualquer farmácia nacional, como foi pensado inicialmente, à semelhança da campanha no estrangeiro.”
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 23.07.2020 às 14:08

Obrigada pelos seus esclarecimentos.
De facto, tal como já referi, não sabia que esta "campanha" já decorria há meses, nem tão pouco que havia farmácias "aderentes"...e se quer que lhe diga, não concordo muito com isso. Se o intuito é ajudar então considero que devia ser uma coisa a nível nacional e no maior número de farmácias possível. Também não acredito que nenhum farmacêutico que perante tal situação não atue seja ou não a farmácia onde trabalha aderente.
Creio que deixar aqui no blog o meu modesto contributo na divulgação servirá para ajudar. Repare que se este post conseguir difundir a mensagem a quem por aqui passa e essas pessoas informarem outras tantas, então o propósito foi conseguido. Mesmo que sejam poucas. Às vezes uma pessoa faz toda a diferença como foi o seu caso( que é só uma pessoa e já conseguiu informar e esclarecer a dona deste tasco e todos os seus frequentadores).

Mais uma vez obrigada pelos seus comentários e esclarecimentos.
Volte sempre.
Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 22.07.2020 às 11:18

Muito bom .....

Beijinhos
Feliz Dia
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 22.07.2020 às 22:37

Também achei Luísa daí ter decidido partilhar.
Imagem de perfil

De Tri a 22.07.2020 às 21:00

Devo ter andado na lua nos últimos tempos que ainda não sabia "este código"
Obrigada pela partilha muito útil.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 22.07.2020 às 22:41

Olha somos duas 🤦‍♀️
Eu a pensar que estava a dar uma grande novidade mas segundo o anónimo ali em cima a coisa já circula há muito.
De qualquer forma, quantos mais formos a divulgar, melhor.
Sem imagem de perfil

De Magui Ferreira a 23.07.2020 às 00:44

Também desconhecia esta campanha.
Há que divulgar sim, mesmo com o risco do agressor ter conhecimento dela.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 23.07.2020 às 09:26

Somos duas pois só agora me cruzei com esta imagem no facebook mas pelos vistos a coisa já circula há algum tempo.🤷‍♀️

Também pensei nisso...se a coisa se tornar muito evidente, então rapidamente chegará ao conhecimento dos agressores e perde a utilidade.

Comentar post



foto do autor




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.