Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Não sei porquê mas não nasci em berço de ouro.

Venho de famílias humildes e lembro-me que a primeira vez que fui a um restaurante com os meus pais já era adolescente. Aprendi a comer de boca fechada, com os cotovelos fora da mesa e a limpar os lábios antes de meter a boca no copo. E tudo isto sem nunca ter ouvido falar da Paula Bobone. A mãe ensinava que era assim e não se questionava. 

Mas também me lembro que a loiça e os talheres usados lá em casa eram uma mistura decorrente de substituições que era necessário ir fazendo, ou porque se partiam, ou porque iam sem querer no lixo. Maneiras que raramente havia quatro copos iguais. Ou quatro pratos. E dos talheres então é melhor nem falar. Recordo que naquela altura não havia xnêses...nem lojas do euro...nem Ikeas.

A minha mãe tinha um serviço da Vista Alegre que usou no seu casamento e que só voltava a ver a luz do dia se a ocasião fosse super especial (e o mesmo se passava com o faqueiro). 

E esta conversa toda porquê?

Porque imagino que na grande maioria das casas também fosse assim.

E é por isso que quero partilhar convosco esta pequena maravilha que me aterrou hoje no colo e que é bem capaz de justificar as vezes que esperei em vão que me viessem tirar o caraitas do prato da mesa em muitos restaurantes. 

 

 

Suponho que quem aqui vasculha já tenha ido a um restaurante. Não estou a falar daqueles restaurantes com muitos copos e muitos talheres onde se apanha grandes barrigadas de fome que eu a esses também nunca fui. Nem estou a falar daquelas tascas onde a malta come com talheres de nações diferentes e copos riscados e baços pelas inúmeras lavagens na máquina da loiça. Estou a falar de restaurantes "normais". 

Agora pergunto: 

sabiam que há uma espécie de código no que aos talheres diz respeito? Eu cá desconhecia. Quando muito pensava que sabia que colocar os talheres à beira de cada lado do prato na horizontal significava que já tinha terminado a refeição. Mas até isso fazia mal.

E como se aproxima o período de férias e suponho que estejam mortinhas por mandar o fogão bardamerdamazé, aqui fica o código para não passarem vergonhas. É imprimir e guardar na carteira. Na eventualidade de se esquecerem como se faz, é ir lá ver antes de dar barraca. De nada.

 

Screenshot_20210728-151005_Instagram.jpg

 

 

csscissors.jpg


15 comentários

Sem imagem de perfil

De Rik@rdo a 29.07.2021 às 08:11

.Já conhecia esses "truques" mas ri com muito gosto da forma como os apresentou aqui. ELOGIO e APLAUDO a sua boa disposição. Simplesmente sublime
.
Um dia feliz. Cumprimentos.
.

Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 29.07.2021 às 20:32

Conhecia Rik@rdo? Gente chique é outra coisa.
Imagem de perfil

De Sofia a 29.07.2021 às 09:25

Sabia 3!
E sim já fui por duas vezes a restaurantes onde passei fome.
A primeira foi porque nos levaram e a segunda não reparei que dizia em letras pequenas gourmet.
O pequeno almoço era excelente e normal, descobrimos que o almoço apesar de saboroso, era só a amostra.
Mas não fui a única, o homem da mesa da frente ficou a olhar para a metade de cordoniz que lhe apresentaram numa tigela.
Nós pedimos pão e salada para acompanhar as 3 pernas de polvo.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 29.07.2021 às 20:35

Eh pá, essas chiquezas não são pra mim. Pagar muito e comer pouco deixa-me furibunda.
Imagem de perfil

De Sofia a 29.07.2021 às 20:44

Para mim também não! No primeiro não fui eu que paguei, mas ainda fui ao grego com o raio da comida esquisita. A única coisa que comi e nem isso tive sorte, foi uma banana verde. No segundo era tudo bom, mas só nos deram a amostra.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 29.07.2021 às 22:50

Comida grega? Olha comi uma bela Moussaka e gostei. Mas tudo em restaurantes "normais" de Atenas que eu sou pelintra.
Imagem de perfil

De Sofia a 30.07.2021 às 07:52

A expressão ir ao grego vs gregório é mesmo vomitar!
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 30.07.2021 às 09:24


Ah! "Esse" ir ao grego!
Tens de explicar tudo muito explicadinho que estou mais lerda que o normal. Deve ter sido da anestesia.
Imagem de perfil

De Sofia a 30.07.2021 às 09:29

Mas também já fui a um restaurante grego, com umas amigas. Como a malta é pobre, aproveitamos uns cupões. E estava tudo muito bom, o dono era só rir.
Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 29.07.2021 às 11:08

Afinal costumava finalizar com pausa ... por isso quase nunca me recolhem o prato

Beijinhos
Feliz Dia
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 29.07.2021 às 20:36

Pois, também eu! 🤦‍♀️
Sem imagem de perfil

De Cidália Ferreira a 29.07.2021 às 15:27

Acho que tenho que imprimir, vou de férias e pode ser um "probremA" :))

.
Encontro no teu sorriso o espelho da alma (http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/)
.
Beijo e uma excelente tarde!
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 29.07.2021 às 20:36

Imprime, estuda e guarda.
Sem imagem de perfil

De Magui Ferreira a 29.07.2021 às 20:15

Aí está um mistério que nem a alma da Agatha Christie há-de desvendar.
Porque raio não nasci rica?
Ele há coisas...
Como se não bastasse, vem vossência, com estes chiqueiros! É que só conhecia 2 😒
A partir de agora vou adoptar o excelente, pode ser que assim, tragam mais à borlix.
Já agora também tem que se virar o prato? 😆
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 29.07.2021 às 20:39

Quem é amiga e ensina coisas espetaculares, quem é? Pois.
Eh pá, virar o prato...só depois de acabares de comer

Comentar post



foto do autor




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.