Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Hardcore ...da Língua Portuguesa

por Pequeno caso sério, em 15.09.16

Gosto  de asneiras , ou melhor, de palavrões . 

Gosto tanto que passo a vida a empregá - los. Sobretudo mentalmente. Também verbalizo alguns muitos  mas não tantos quanto me apetecia.

Ao contrário do que se pensa, dizer palavrões é um dom .

Não é qualquer ' ssoa que chega e diz um foda - se e' tá feito. Não senhor ! Como diz uma amiga minha , saber dizer um bom palavrão , "es natural"  e sai tão genuinamente como aquele peido que se dá no recato do WC ou debaixo dos lençois quando o sillêncio e/ou a solidão incomoda tanto que temos de fazer prova que de facto existimos.

 

Como sou inquieta relativamente a  questões essenciais à sobrevivência humana , decidi debruçar -me hoje sobre o maravilhoso mundo dos palavrões dado que , pior que ouvir um palavrão, é ouvir um palavrão utilizado num contexto errado. Um desperdício. Dá dó.

 

Vamos falar sobre os mais utilizados e de de que maneira devem ser empregues , usando para o efeito, exemplos práticos.

 

Se são avessos a esta temática ,carreguem ali na cruzinha , adeusinho e até amanhã. 

Se decidirem continuar a ler, estão por vossa conta e risco mas depois não digam que não avisei.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ainda aí estão?!

Suas malucas ! Adoram isto , não é?

'Bora lá que a partir daqui é  a desgraça total.

 

Comecemos pelo "betinho" dos palavrões - "merda" . Toda a gente diz merda. Desde as 'ssoas que batem com o dedo mindinho do pé numa quina de um movel , até às 'ssoas que querem avisar a alguém que está a pisar o risco- "ai a merda!" 

 

Seguidamente vem o "foda-se". Muita gente utiliza  o "dassssss" só naquela de suavizar a coisa. Lamento, não suaviza .Ora  o "foda-se" pode ser empregue nas mais diversas situações como por exemplo "foda-se que este gajo é mesmo chato!" ou então "foda-se que já mudaram os cereais de sítio outra vez!".

 

Na lista, a seguir, vem o "caralho".

Tal como a "merda" pode ser dito em tom de ameaça ,"Ai o caralho! "  de maneira a que a 'ssoa perceba que está mesmo ali na red line e é melhor abandonar o local.

Outra ocasião onde se usa muito o "caralho" é quando vamos carregadas de sacos e precisamos de jogar a mão às chaves de casa e os sacos rebentam deixando os tomates e as meloas a rebolar no hall de entrada do prédio. Ser apanhada pelos vizinhos de cócoras/joelhos não é bonito. O que é que vão dizer às 'ssoas? "estou a ver se acho os tomates que me escaparam. E também não sei das meloas...dá-me uma mãozinha com as minhas meloas?" . Não peçam ajuda. Digam "caralho". Outra situação onde o "caralho" também se aplica é quando já vão atrasadas para o trabalho e enterram o sapato em merda de cão que ficou estrategicamente colocada à porta do prédio e/ou carro. Uma ultima variação muito utilizada é quando dizemos a bonita expressão " 'pó caralho, pá!". De salientar que ao utilizar esta bonita expressão quase sempre o fazemos elevando a voz num tom agudo e gesticulando com a mão e o braço ligeiramente para trás.

 

Quase a terminar a lista (que não é assim tão longa como parece) vem uma expressão que utilizamos não quando queremos que a 'ssoa copule de facto e retire disso algum prazer, mas quando queremos terminar a conversa rapidamente : " vai - 'ta foder !"

 

Por ultimo vem uma expressão que se aplica a gajos, gajas, bichos e objetos : "filha da puta". Ora então cá vai: "filho da puta usou uma ideia minha para brilhar em frente ao chefe" ou "filha da puta da vizinha do 5º andar estendeu a roupa a pingar!"  ou "filha da puta da cadela ladrou a noite toda" ou " filho da puta do carro não pega" .

E pronto. Era isto.

 

Espero que tenham gostado pois foi uma trabalheira escrever hoje . Eu e o corretor automático tivemos aqui um arrufo . Merda... dasssss ,caralho, filho da puta ...deve ter a mania que sabe tudo!!!!

 

(post elaborado com algum carinho na esperança  de captar a atenção de  Sô dona Filipa , essa grande diva da asneirola.)

csscissors.jpg


3 comentários

Imagem de perfil

De Mula a 15.09.2016 às 12:51

Confesso que é um defeito que tenho, acho que digo demasiadas asneiras quase de forma inconsciente e descontrolada ainda que seja pouco inovadora e basicamente é só foda-se que digo, pelo menos quando algo me corre mal. Mas também gosto de mandar as pessoas para o caralho com todas as letras... Mas é algo que tenho andado a evitar que acho que não é bonito xD mas... Mas... A mandar alguém para algum lado que seja com as letras todas que acho muito pior arranjar-se petit nom para as asneiras como o dass ou dizer en inglês... Isso enerva-me! Image
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 15.09.2016 às 18:18

Não é defeito. É feitio. Há que assumi - lo com toda a naturalidade.
Eu também acho que um "fuck you" é para os betinhos . Assumo que sou patriota.
Há lá coisa  ' mai linda do que ouvir " vai ' ta  mas é foder!"  ?
Não há não senhor .
Image
Imagem de perfil

De Mula a 15.09.2016 às 19:12

"Há lá coisa  ' mai linda do que ouvir " vai ' ta  mas é foder!?"


Tantas vezes que o meu marido ouve essa frase, e não em forma de convite!Image ahahahahahah

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



foto do autor




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.