Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Covid babies

por Pequeno caso sério, em 25.01.21

Com toda esta porcaria que está a acontecer, talvez o único rasgo de normalidade (?) seja o nascimento de uma criança. 

E se vir a este mundo já era um perigo antes, hoje mais que nunca consigo compreender os bebés que se recusam a nascer. No entanto, para o bem e para o mal, a força da natureza é das coisas mais poderosas deste universo e quando ela dita que chegou a hora, nada a fazer. 

Maneiras que, os bebés Covid, só têm duas formas de encarar a vinda ao mundo.

Ou vêm, mas muito contrariados,

20210122_120131.jpg

...ou chegam com vontade de mostrar quem é que manda nisto tudo,

20210122_120145.jpg

 

Seja como for, a geração nascida em 2020/2021 traz a dose certa de "anticorpos" para enfrentar tudo o que os espera.

E porque é que me lembrei disto hoje? 

Porque adoro bebés e crianças.  

Porque tenho uma sobrinha que nasceu em abril de 2020, que nunca abracei... nem peguei ao colo...nem ensinei rigorosamente nada. Oxalá, quando isto tudo terminar, ainda vá a tempo de ser uma daquelas tias malucas que deixa usar as pinturas e os vernizes, que leva ao parque quando a mãe não pode e compra cenas muito fixes. E mesmo que ainda vá a tempo, este primeiro ano nunca mais conseguirei recuperar.

E é (também) por isto que fico pior que puta  me indigno quando ouço alguém adulto dizer que está farto de estar em casa.

Era mandá-los todos a um sítio que cá sei mas não digo porque não digo asneiras.

#umpanoencharcadonasventaserapouco

csscissors.jpg

Tags:


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Magui Ferreira a 25.01.2021 às 15:00

Ó pá nunca mais sou avó 😜
Estou em casa à 2 meses e tenho dias que fico farta, mas cumpro.
Dentro de 2 semanas conto regressar ao trabalho, e vai saber-me bem, além de me sentir lá em segurança, vai-me dar a sensação de normalidade.
O importante é perceber que a pandemia, infelizmente continua, e que não há outra solução que não seja cumprir naquilo que podemos e devemos.


Sem imagem de perfil

De Magui Ferreira a 25.01.2021 às 20:38

... há 2 meses...
(dassss)
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 26.01.2021 às 09:00

Ah bemmm...até se me tremeu uma vista!
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 26.01.2021 às 08:59

Claro que cumpres. E sabes porquê? Porque és responsável.
Custa-me ver adultos a queixarem-se por terem de ficar em casa. Realmente, grande sacrifício. Do sofá para a despensa, da mama para a casa de banho, ver filmes , navegar na net...
Se me custa?
Claro que sim! Já cumpri mais prisão domiciliária que muito criminoso. Mas de cada vez que penso em reclamar, lembro-me dos médicos, enfermeiros e auxiliares. Passa-me logo.
Mais que não seja por eles, cumpro e faço a minha parte caladita.

Comentar post



foto do autor




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.