Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Então Pequeno caso sério...

por Pequeno caso sério, em 17.03.22

...'qué que tens a 'dzer sobre esta poeira laranja que 'sabateu sobre a gente, q'isto mais parece o fim do mundo, ó caraitas?!- perguntam vocês a achar que vão levar daqui uma qualquer explicação científica sobre os malefícios que isto pode trazer à nossa saúde.

Lamento, mas estão redondamente enganadas. A única questão realmente importante que esta névoa laranja (premonitória da vida que nos espera em Marte) me levanta é esta :

Screenshot_20220316-134510_Instagram.jpg

 

Nota:

O meu carro veio da oficina limpo como nunca esteve (e decerto nunca mais estará) na segunda-feira. No dia seguinte abate-se sobre nós este manto laranja. O nome da tempestade que fez com que esta poeira cá chegasse é Célia. 

Moral da história:

As mulheres continuam a ser cabras umas pájoutras.

csscissors.jpg

Não fica cá nada? Ai fica, fica!

por Pequeno caso sério, em 16.03.22

Cóca e Cáca , duas supébêtas, supéamigas, encontraram-se no velório de uma tia da primeira que era supéforreta podre de rica e deixara a fortuna aos estróinas dos filhos.Ora como é apanágio nos funerais, em que de repente o morto passa a ser a melhor das pessoas, fala-se de tudo. E neste também. 

 

-Aiiiiiiii Cáca, coitada da minha tia...lá se finou !

 

- É verdade Cóca, tão puta boa que foi em vida...ainda tinha tanto p'ra viver puta da velha nunca mais morria! Dasse! Não merecia, coitada! Já vais é tarde ó filha da puta, forreta dum cabrão!

 

- Ai Cáca, a coitada nem teve tempo de se gozar do que tinha! Sempre a poupar, sempre a poupar e agora fica cá tudo para os meus primos estoirarem!

 

- Pois é, Cóca! A tia devia ter aproveitado mais.estúpida da velha! Deixava-era tudo entregue a mim que ficava bem melhor.

 

- Ai Cáca ...p'ra quê, diga-me lá, p'ra quê isto tudo se quando morremos  voltamos ao pó e não fica cá nada?!

 

- Não fica, Cóca?! No caso da sua tia, garanto-lhe que para além do dinheiro, há outras duas coisas que ela vai cá deixar!

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

A tia, cinco anos depois de quinar :

Screenshot_20220216-071857_Instagram.jpg

csscissors.jpg

Tags:

Vegetais e adolescentes? Deixou de ser problema.

por Pequeno caso sério, em 15.03.22

Duas vizinhas cruzaram-se às respetivas janelas enquanto estendiam a roupa.

Conversaram sobre a dificuldade que era pôr os filhos adolescentes a fazer uma alimentação mais saudável: 

- Ai 'melher, sabes lá a apoquentação que é àquela mesa todos os dias! Salada, não tocam. Sopa, nem vê-la. Legumes salteados, idem aspas! Já não sei o que fazer.

 

- Olha, aqui em casa resolvi isso num instante.

 

- Foi? 'Qué que fizeste?

 

- Simples. Foi uma questão de investir um bocado em produtos apelativos para a idade deles.

 

- Como assim? Viraste-te para a agricultura biológica?! Mas isso leva-nos o couro e o cabelo!

 

- Hum...sim, podemos considerar como agricultura biológica. Arranjei um senhor que me vende fruta e legumes muito sugestivos para os marmanjões que temos cá em casa. 

 

- Não estou a perceber nada... Mas os teus filhos comem legumes sem reclamar? 

 

- Agora comem! Começaram por achar-lhes piada e agora já são eles que perguntam se há sopa ou  ou pimentos recheados. E sumos também nunca mais comprei! Aqui em casa há sempre limoalhos para fazer limonada.

 

- Piada?! Mas os teus filhos acham piada aos legumes?!  Limoalhos?! Ai 'miga pago p'ra ver!

 

- E vais ver. Ora vem lá aqui a casa que eu mostro-te. Estava mesmo agora a tratar do jantar.

 

 

Os legumes:

 

Screenshot_20220216-072334_Instagram.jpg

 

Screenshot_20220126-200117_WhatsApp.jpg

 

20211127_221153.jpg

 

20211127_221127.jpg

 

O limoalho :

 

Screenshot_20211003-204834_Samsung Internet.jpg

 

csscissors.jpg

Tags:

Tabu

por Pequeno caso sério, em 14.03.22

Todos os frequentadores deste espaço sabem da minha admiração pelo Ricardo Araújo Pereira. Ponto.

O que não sei se sabem é que há muito que o meu coração está dividido no que ao humor diz respeito. Bruno Nogueira ocupa a outra metade por mérito próprio. Sou consumidora voraz de tudo o que faz porque só o facto de o ter a ele e estar rodeado pelos "seus", é garantia de qualidade. 

Levanta-te e Ri;  O último a Sair; Contemporâneos; Odisseia ; Som de Cristal; Fugiram de casa dos seus pais; Sara; Como é que o bicho mexe; Princípio Meio e Fim; Tabu. Pelo meio ainda há a aventura do Deixem o Pimba em Paz. E os apontamentos certeiros do Tubo de Ensaio.

Alguns destes projetos foram muito à frente do seu tempo e por isso mesmo, um bocadinho imcompreendidos. Outros, pelas más opções das direções de programação, quase passaram despercebidos. Quase. Mas nada, repito, nada, do que este homem nos apresenta é menor. Seja qual for o registo (e são muitos) Bruno Nogueira tem o dom de fazer tudo bem feito.Com "Tabu" não é exceção.

O formato já existia noutros países, é certo, mas honestamente não consigo ver mais ninguém a fazer isto. Tinha de ser o Bruno. Só podia ser o Bruno. Quem mais para ariscar desta forma? Quem mais para nos levar às lágrimas (de revolta e de alegria) em apenas alguns segundos? Só o Bruno pois é isso que o distingue. 

O programa já vai no segundo episódio e, correndo o risco de me repetir, só este Homem para conseguir abordar temas tão duros com a sensibilidade que merecem e a seguir, desconstruí-los e fazer-nos rir deles. 

Se ainda não viram, não sabem o que estão a perder. Vale muito a pena pois coloca-nos exatamente no sítio onde devemos estar : a ver um génio trabalhar enquanto levamos uns bons chapadões de noção que, às vezes, merecemos todos um bocadinho.Também por isso, obrigada Bruno.

 

Screenshot_20220313-110957_Samsung Internet.jpg

csscissors.jpg

Então Pequeno caso sério...

por Pequeno caso sério, em 11.03.22

...'qué que tens a 'dzer sobre a escalada do preço do gásoil ?- perguntam vocês mesmo a pedi-las.

 

Olhem 'migas, sobre este tema, que não me dá vontadinha nenhuma de rir, só posso dizer duas coisas:

A primeira:

Screenshot_20220310-002124_Instagram.jpg

A segunda:

Screenshot_20220310-164624_WhatsApp.jpg

csscissors.jpg

Tags:

Quem te avisa, teu amigo é

por Pequeno caso sério, em 10.03.22

Dois amigos esgrimiam argumentos sobre os seus hábitos intestinais:

- 'Pá, p'ra  mim não há nada melhor que vazar a tripa logo de manhã, assim que saio da cama. 

 

- De manhã?! Eh pá não! Atrapalha-me a logística. Prefiro fazer o n°2 quando chego a casa do trabalho que assim estou com mais calma. Eu cá sempre ouvi dizer que cagar quer descanso!

 

- Aí estamos de acordo mas ainda assim acho perigoso levares tanto tempo na sanita...

 

- Perigoso?! Perigoso porquê? Por causa das costas?

 

- Não. É por causa do cu mesmo.

 

- Por causa do cu?! Como assim? A sanita é por excelência, o sítio onde o cu deve estar!

 

- Olha que não...o perigo está  sempre à espreita

 

Screenshot_20220303-192923_Instagram.jpg

csscissors.jpg

Tags:

Até onde pode ir a parvoíce (a minha e a vossa)

por Pequeno caso sério, em 09.03.22

(ideia original do Nuno Markl mas que quis testar aqui)

 

 

Fan

Fan

Fan

Fan

Fan, fan, fararan

Fan,fan,fan,fan,fararan

Fan

Fan

Fan

Fan

Fan, fan, fararan

Fan,fan,fan,fara,rannnnnnnnn

 

 

Então?

Chegaram lá?

Não?!

 

Acompanhou-nos de 1978 a 1991 e foi uma das pragas mais orelhudas de todo o sempre, no tempo em que se faziam novelas como deve ser.

Screenshot_20210517-175221_Samsung Internet.jpg

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

E assim perderam cinco minutos preciosos da vossa vida...

Perceberam agora o título do post? Pois.

csscissors.jpg

Tags:

Ela(s)

por Pequeno caso sério, em 08.03.22

Podia desfiar aqui um rol de razões a explicar porque ser mulher foi, é e sempre será, muito especial.

Podia. Mas não o vou fazer.

Em vez disso, deixo-vos a mais bonita interpretação alguma vez feita sobre Ela(s) ...

...que deverá servir de fundo ao visionamento das seguintes imagens que mostram o que (ainda) é sê-lo em 2022.

Porque a arte, bate a cada um de nós de maneira diferente, apreciem, e tirem as vossas conclusões. A mim, a última imagem, bateu-me forte e feio...

 

Screenshot_20210410-102952_Samsung Internet.jpg

 

Screenshot_20220225-184238_Instagram.jpg

 

Screenshot_20220307-173030_Instagram.jpg

(carrinhos de bebé deixados por mães polacas às mães ucranianas na estação de comboio )

csscissors.jpg

Há quem diga que o intestino é o nosso segundo cérebro. Subscrevo na íntegra e é por isso que acho que lhe damos pouca atenção.

Por exemplo, sabiam que é possível descobrir o tempo que demora o nosso trânsito intestinal? (claro que não sabiam 🙄)

E porque é que isso é importante? Para, entre outras coisas, determinar se estamos ou não a fazer uma correta absorção dos nutrientes. 

 

Ah Pequeno caso sério, mas para saber isso temos de participar numa edição especial do Big Brother em que nos filmam as entranhas! - alvitram vocês armadas em médicas sem canudo.

 

Têm nada. 

Se quiserem saber a velocidade do vosso trânsito intestinal e ficar com os dedos todos borrados de vermelho tudo o que têm de fazer é comer uma menina (salvo seja) destas:

Screenshot_20220306-150905_Samsung Internet.jpg

E depois? Bem, depois é olhar para o relógio e esperar que a vontade de sanitar apareça e verificar a cor dos cagalhotos, certamente mais escuros, pois a beterraba tem esse efeito nas fezes

bridesmaids-melissa-mccarthy-1527859413.gif

 

Não é uma informação espetacular? Eu cá achei. Agora façam com ela o que quiserem.

 

 

 

nota de rodapé:

a autora deste blog não se responsabiliza pela rutura de stock de beterraba nos próximos dias. 

csscissors.jpg

That's what friends are for

por Pequeno caso sério, em 04.03.22

Tenho andado inquieta, nervosa e irritadiça. Nada de novo, é certo, mas acho que esta porra toda que se está a passar tem mexido comigo mais do que imaginava. Desabafei isso mesmo com uma amiga que me advertiu do perigo que isso representa para a minha saúde mental. "Tens de desligar, de parar de ver notícias a toda a hora! Isso não te faz bem !"- avisou.

E tem razão. Mas é mais forte que eu.

 

Na tentativa de me animar, mandou-me horas mais tarde a seguinte mensagem:

"As coisas estão complicadas mas nem tudo são más notícias! Fica a saber que finalmente encontraram uma coisa que tinhas perdido há muito tempo : "

20200615_193951.jpg

O parafuso que te faltava! 

csscissors.jpg

Tags:



foto do autor




Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.