Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




E a maluca sou eu ?!?

por Pequeno caso sério, em 30.09.21

Ou muito me engano ou a grande maioria das pessoas que me lê deve achar que não jogo com o baralho todo. Que passo o dia a engendrar merdas para fazer rir os outros. Que dedico demasiado tempo a coisas que não lembram ao Lúcifer himself. Pois fiquem a saber que a parvoeira é como a sorte: dá muito trabalho

Mas, apesar de ser obrigada a concordar convosco, todos os dias me consigo surpreender com as merdas que leio por aí, quer ao nível da estupidez, quer ao nível da parvoíce. E não posso negar que me dá um quentinho no coração quando ambas as duas  se conjugam :

Screenshot_20210815-110301_Instagram.jpg

É otimo saber que não estamos sós.

csscissors.jpg

Tags:

Biblioteca humana

por Pequeno caso sério, em 29.09.21

Chegou-me por estes dias uma ideia que me pareceu genial sobretudo se tivermos em conta os tempos loucos que vivemos e em que cada vez menos interagimos (presencialmente) uns com os outros.

Trata-se do conceito Biblioteca Humana onde, em vez de livros, podemos "requisitar" pessoas.

 

-Ó Pequeno caso sério, requisitar pessoas já se faz há muito ano...mas não numa biblioteca ! - opinam vocês com o lado badalhoco que mora em vós a fervilhar.

Calma.

Não é na verdadeira aceção da palavra, valha-me Deus. 

Funciona tudo como se de uma biblioteca convencional se tratasse mas, ao invés de livros, temos pessoas que se voluntariam para partilhar a "sua história" connosco. Podem estar relacionadas com variadíssimos temas, normalmente daqueles mais pesados e por isso mesmo menos escolhidos se na realidade estivéssemos a requisitar um livro. Pretende-se assim desmistificar alguns tabus e preconceitos e mostrar que não devemos (MESMO!) julgar um livro pela capa.

Cada voluntário tem um colete que identifica o assunto sobre o qual nos vai falar : "Desempregado"; "Bi-polar"; "Refugiado" são apenas alguns exemplos. Durante 30 minutos ficamos a conhecer mais sobre um determinado assunto e, quem sabe, acabar com estigmas que (ainda) temos. 

O conceito começou na Dinamarca no ano 2000 mas a coisa correu tão bem que já se espalhou por muitos países à volta do mundo .

Podem saber mais aqui.

csscissors.jpg

O engarrafamento

por Pequeno caso sério, em 28.09.21

Maria e Manel viviam em Beja.

Maria, para além das tarefas domésticas trabalhava no campo. 

Manel trabalhava no campo e era frequentador assíduo da taberna.

 

Um dia, farta de esperar que Manel chegasse para jantar, e já a pensar que mentira iria ele contar, decide ligar-lhe:

-'Tou? Maneli? 

-hic...Sim Maria...hic...

-'Tão porra? 'Tou farta de esperar por ti caraças! Nã vens jantari?!  

-hic....Vou...mas agora nã posso...hic....

-Nã podis?! 'Tão nã podis porquei ?!

-hic....'porque 'tou preso num engarrafamento... hic...

-Tu 'tás o quêin homem?!

-...hic ...preso num engarrafamento mulheri....hic...

-Ó Maneli , 'agente moramos nos confins de Beja homem! Podes lá 'tar preso num engarrafamento!

-hic...hic...juro pela alminha do mê falecido pai que 'tou preso num engarrafamento!

 

Maria, danada, desligou o telefone .

Mas desta vez o  Manel estava mesmo a dizer a verdade:

Screenshot_20210915-181040_Samsung Internet.jpg

 

csscissors.jpg

Tags:

WC

por Pequeno caso sério, em 27.09.21

Dado que passo algum tempo no trono e grande parte das ideias que tenho sucedem enquanto lá estou, talvez assim se explique o meu fascinio por este compartimento. Assim sendo, e depois de horas de aprofundada investigação, deixo aqui o TOP 5 de Wc's que nem mesmo eu me lembraria :

 

Nº 5

Caro estudante, precisas de alugar um quarto com casa de banho incluída sem que os teus pais não precisem de vender um rim? Não procures mais que Pequeno caso sério apresenta duas maravilhosas opções :

Screenshot_20210919-091335_Samsung Internet.jpg

Screenshot_20210919-091624_Samsung Internet.jpg

Nº 4 

Cara mulher do sec. XXI, se é muito ocupada e não tem tempo a perder, rentabilize as idas à casa de banho com o WC dois em um. Você caga. Você aciona o chuveiro por controlo remoto. Você, sem sair da sanita, tomará um belo duche...ou então lavará apenas a patareca e o orifício de onde saiu o número dois. Você decide :

Screenshot_20210919-091525_Samsung Internet.jpg

Nº 3 

Caro pai de família, que tem a mania que é jeitoso de mãos e sabe fazer quase tudo no domínio da bricolage/DIY, acredite, é sempre melhor deixar nas mãos de quem sabe do ofício :

Screenshot_20210919-091430_Samsung Internet.jpg

Nº 2 :

Caro leitor apressadinho, que aproveita a hora do duche para também lavar os dentes, saiba que com esta ideia poderá despachar ainda a tarefa de fazer a barba... com a certeza de que, mais dia menos dia, deixará viúva a sua cara metade :

Screenshot_20210919-091354_Samsung Internet.jpg

Nº 1:

Cara leitora egoísta, se é daquelas que acha que não cheira assim tão mal e que é exagero de quem consigo partilha o WC, esta proposta foi pensada especialmente para si: 

Screenshot_20210919-091446_Samsung Internet.jpg

 

Prémio carreira :

para "O" decorador de casas de banho que conseguiu que, nestas duas, ninguém ficasse durante muito tempo:

Screenshot_20210916-075328_Samsung Internet.jpg

Screenshot_20210916-075407_Samsung Internet.jpg

 

csscissors.jpg

Tags:

Perguntas que m'apoquentam #7

por Pequeno caso sério, em 24.09.21

Agora que o verão já acabou, partilho convosco uma pergunta que m'apoquenta há anos :

 

COMO É QUE UM NUDISTA LIMPA OS ÓCULOS ?

200w.gif

csscissors.jpg

Chulé

por Pequeno caso sério, em 23.09.21

Não. Não é desse chulé que vamos falar hoje.

Se tal como eu são vítimas do trauma geracional que era receber meias pelo Natal/aniversário, fiquem a saber que têm forma de não perpetuar esse erro por mais nenhuma geração. Como? Oferecendo meias, sim senhor, MAS giras, de qualidade e feitas em Portugal. 

Comecemos pelo nome da marca :

Chulé. 

Curto.Óbvio. Orelhudo. Resta saber como é que ninguém ainda não se tinha lembrado disto. 

Conceito: não sendo inovador (meias giras) tem uma colecção muito original pois os padrões são alusivos ao que temos de tão nosso. Em vez do tradicional íman do galo de Barcelos, os turistas têm aqui uma alternativa  muito válida:

Screenshot_20210918-173009_Samsung Internet.jpg

Já os nacionais, ficam com ideias muito originais para um presente de aniversário (ou Natal !) : 

Screenshot_20210918-173044_Samsung Internet.jpg

 

Screenshot_20210918-173121_Samsung Internet.jpg

 

Screenshot_20210918-173731_Samsung Internet.jpg

 

Preço: não sendo o valor de um pack de 153 meias da Primark, acredito que justificam o que custam tendo em conta os materiais usados:

Screenshot_20210918-082840_Samsung Internet.jpg

Podem e devem bisbilhotar todas as coleçoes aqui

 

Aos criadores da marca,

59e675444f426b1723083c807f9354a3.gif

csscissors.jpg

Tags:

Lembrancinha

por Pequeno caso sério, em 22.09.21

Tenho 1,50 desde os 12 anos. Sempre vivi muito bem com isso e nunca me trouxe nenhuma desvantagem, muito pelo contrário. 

Aos 48 anos era de esperar que todos os que me rodeiam já tivessem aceitado isso, certo?Errado.

Continuo a ter gente que que me recorda esse facto muitas vezes, como se fosse uma coisa que eu pudesse (ou quisesse!) mudar usando umas piadas tão secas como uma poia de cão vadio.

A maior parte das vezes já nem me despertam qualquer reação mas, por estes dias, recebi via whatsapp uma piadola que mereceu a minha atenção pela originalidade :

 

" SE TENS MENOS DE 1,60 NÃO ÉS UM PRESENTE DE DEUS. ÉS UMA LEMBRANCINHA." 

 

tumblr_e1cba6964a79c35d71277604b8720cfd_0cac2508_5

 

csscissors.jpg

Tags:

O Tricô da avó

por Pequeno caso sério, em 21.09.21

A D.Aurora vivia num Lar há já alguns anos.

Velhota ativa e bem disposta,  percebeu que tinha atingido a idade em que podia dizer e fazer o que quisesse que ninguém lhe levaria a mal, usava e abusava esse direito pregando partidas a toda a gente.

Participava em todas as atividades sugeridas pela gerência do lar, e ainda ocupava o restante tempo livre na sua atividade preferida : o tricô. Levava horas naquilo e tudo o que fazia era para oferecer aos outros. 

Tudo corria normalmente até que um dia a neta recebe uma chamada do Lar :

Dona Vanessa? 

- Sim a própria. 

- Daqui fala do Lar da sua avó. 

- Ai meu Deus...está tudo bem com ela?!?

- Sim, continua igual a ela própria...

- Ufa! Ainda bem! Que susto!

-Estou a ligar porque estamos um nadinha preocupados com ela...tem passado horas fechada no quarto a tricotar...

-Eu sei! Ela adora! Ainda a semana passada me deu umas botinhas para os dias mais frios

Screenshot_20210808-185349_Instagram.jpg

Creio que a Vanessa não está a perceber...ela tem passado ainda mais tempo do que o usual de volta das agulhas e das lãs...e quando lhe perguntamos o que está a fazer corre connosco e tranca-se no quarto! 

- Ah!Ah! Ah! Ah! Então é isso? Não se preocupem! Ela está embrenhada num projeto "especial"! Mas descansem que muito em breve verão do que se trata! 

 

Os dias passaram e a D.Aurora lá continuou com o projeto mistério. Um dia, deram pela sua falta ao pequeno almoço e correram aflitos ao seu quarto pensando o pior pois a D.Aurora era sempre a primeira a chegar.

E quando lá chegaram esbaforidos de tanto correr, deram com a D. Aurora nestes preparos enquanto gritava :

-PROJETO CONCLUÍDO!

 

Screenshot_20210912-232212_Facebook.jpg

csscissors.jpg

Tags:

Equivalências

por Pequeno caso sério, em 20.09.21

Zé Júlio fugia do médico como o Diabo foge da cruz. Como a mulher não se calava com a história de ser preciso fazer uma consulta anual,  Zé Júlio lá foi só para não a ouvir.

 

Quando chegou ao consultório, o médico fez-lhe uma série de perguntas sobre os hábitos alimentares às quais Zé Júlio aldrabou o mais que pôde (como se o resultado das análises não lhe descobrisse a careca depois).

Chegaram então à questão sacramental : sedentarismo. 

Zé Júlio continuou a mentir ao médico dizendo que era uma pessoa ativa, que adorava caminhar e que inclusivamente, todos os anos fazia a o equivalente ao Caminho de Santiago. E não é que, desta vez, Zé Júlio disse a verdade ?

 

Screenshot_20210905-110710_Samsung Internet.jpg

#somostodoszéjúlio

csscissors.jpg

Tags:

Piolhos? Nunca mais tive.

por Pequeno caso sério, em 17.09.21

Piolhos (e suas primas lândeas).

giphy-2.gif

Essas criaturas do demóine que povoam a cabeça da pequenada e mais tarde acabam por morar nas cabeças de toda a família.

É frequente ver nas farmácias pais desesperados em busca de um shampoo milagroso que elimine a bicheza das cabeças. E olhem que se a coisa se der mais do que uma vez, a brincadeira sai cara. 

 

A última vez que padeci da condição de piolhosa não foi há muitos anos. Começou com uma comichão ocasional que rapidamente passou a desesperante.

lice-cooties.gif

Entrei em negação : que não podia ser pois tinha o cabelo com madeixas, que como tinha pouco cabelo os piolhos não gostariam de cá morar, enfim, preferi negar até onde pude. Mas a comichão continuava. 

Ao segundo dia, como observava ao espelho e não via nada, pensei pedir ajuda à minha mãe. Problema? A senhora minha mãe vê tão bem como o Mr. Magoo...

200.gif

Diagnóstico (dela) : caspa.

Confiei desconfiando e comprei um shampoo exterminador da piolhama que apliquei assim que cheguei a casa.

Meus caros e minhas caras, esta que vos escreve, para além de ficar com o couro cabeludo todo fodido e de ter perdido metade do pouco cabelo que já tinha à conta daquele pente do demo, descobriu que tinha a cabeça coroada não com um, nem com dois mas sim com sete, repito, sete, piolhos, quase impercetíveis de tão claros que eram. E o que é que fiz com os bichos? Guardei-os em fita cola e mostrei à minha mãe a "caspa"🙄🤦‍♀️. 

Só depois dos estragos feitos pelo shampoo e pelo pente do demo é que descobri uma maneira infalível e totalmente natural para matar a piolhage :

NÃO LAVAR O CABELO ATÉ FICAR MUITO OLEOSO. MESMO MUUUUITO OLEOSO. 

Só isto. Simples assim.

E como é que isso contribui para o extermínio da piolhama? 

ÓBVIO. OS PIOLHOS FALECEM COM O COLESTEROL ALTO. 

 

 

E não.

Não escolhi o dia de hoje ao acaso para falar deste tema. É que este é o dia limite para a pequenada voltar ao sítio onde passa a maior parte do tempo : 

31787b89ce08ce094005d3a617606c52.gif

Para os pais caguinchas, coragem.

Para os outros, aproveitem o sossego. 

Para os miúdos, que seja um  regresso feliz . De preferência, sem piolhos.

csscissors.jpg

Pág. 1/2



foto do autor




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.