Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Addio, adieu, aufwiedersehen, goodbye!

por Pequeno caso sério, em 31.07.20

O prometido é devido e eu sou mulher de palavra. Ontem disse que ia de férias e que hoje falaria sobre o assunto e vou cumprir. 

Durante toooooodoooo o mês que se avizinha este antro de maluqueira estará fechado para dencanso da proprietária. 

Também queriam um mês inteiro de férias, pois era? Estudassem.

E também queriam pôr as carnes ao Sol  num local paradisíaco e deserto, pois queriam? Temos pena.

20200730_170155.jpg

Tirem.

Tirem lá esse ar invejoso que não vos fica nada bem. 

Não tenho culpa se posso estar alapada nas Maldivasenquanto vocês ficam por cá a trabalhar.

 

Ou numa praia apinhada de gente onde têm de andar quilómetros a pé para lá chegar com a mobília às costas, sem contar com as intermináveis filas de trânsito pré e pós praia. 

 

Ou num qualquer jardim público onde partilharão a relva com mitras e/ou pichas-murchas.

 

Ou numa das 1452 piscinas públicas onde toda a gente respeita as regras e o Covides fica à porta.

 

Ou numa qualquer esplanada apinhada de gente onde estará tudo bem mais resguardado do bicho.

Opções não faltam. 

E tarda nada já me têm de volta. Ou não pois dizem que quem vai às Maldivas* não quer regressar...

Seja como for desejo a quem fica desse lado saúdinha da boa.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.Que é que querem?Já acabou!

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.Hã? O asterisco? Qual asterisco?!

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.(cuscas de merda)

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

*:

20200730_170240.jpg

 

    Até setembro!

csscissors.jpg

Tags:

Voluntários precisam-se.

por Pequeno caso sério, em 30.07.20

Estou a ultimar os preparativos para ir de férias mas sobre isso falaremos amanhã com mais detalhe.

Por hoje preciso de saber se há por aqui algum/a voluntário/a para me vir regar as plantas durante a minha ausência. 

Não dão muito trabalho e aguentam algum tempo sem água portanto, não precisam de vir todos os dias.

A varanda onde estão tem uma ótima exposição solar e podem aproveitá-la à vontade pois está devidamente equipada para isso.

Devido a todos estes atrativos terão com certeza oportunidade de fazer umas belas fotos instagramáveis.

Podem ter a certeza que likes não vão faltar:

20200726_104950.jpg

csscissors.jpg

Tags:

Mulher com TPM? Cuidado com o que diz.

por Pequeno caso sério, em 29.07.20

Odete e Casimiro, casados há uma vida  estavam ambos em ponto rebuçado. Ele, porque estava fartinho de limitações à conta do Covid. Ela pela mesma razão acrescida de uma "coisinha" chamada TPM.

Ora, não se lembrando deste "pequeno detalhe", Casimiro, alapado com o cu no sofá, teve a triste ideia de pedir um café a Odete que ainda estava nas lides da cozinha. 

Com as hormonas ao rubro, ela pergunta-lhe num tom irónico:

-Sim senhor, é p'ra já! E queres que te leve na chávena?

 

Ao que ele, azaradamente, respondeu:

 

- Nãodeita no chão que eu puxo com o rodo!

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Apresento-vos o Casimiro:

20200728_222937.jpg

csscissors.jpg

Tags:

Conversas com gente miúda #33

por Pequeno caso sério, em 28.07.20

Pandemia em fase de confinamento na grande maioria dos países. Num dos que ainda não estavam e onde ainda havia aulas presenciais, a professora lança um desafio matemático a uma turma do primeiro ano:

 -Estão 36 crianças na praia e chegam mais 25 .Quantas crianças estão agora na praia? 

Quase imediatamente, o Zezinho põe o dedo no ar. Surpreendida, a professora  pergunta:

 

Eh lá! Muito rápido Zezinho! Ora diz lá então quantas crianças estão agora na praia?

 

- Demasiadas para o Covid 19 professora!

 

tenor.gif

csscissors.jpg

Tags:

Cada um vê o que lhe convém

por Pequeno caso sério, em 27.07.20

Alfredo foi ao centro comercial pela primeira vez desde março.

Como seria de prever, o parque de estacionamento do centro comercial estava compostinho mas Alfredo arranjou lugar facilmente e à porta.

Fez o que tinha a fazer e foi para casa. Lá chegado a mulher perguntou:

 

-Já aqui estás?! Foi rápido!

 

-Foi rapidíssimo. 

 

-Então e não tiveste chatices para arranjar lugar para o carro?

 

-Nada! Arranjei lugar à porta! Foi chegar e estacionar. Grande ideia que aqueles gajos tiveram! Até me comovi um bocadinho com a lembrança deles...

 

-Hã?! Lugar à porta ?! Lembrança? De quem? O que é que estás para aí a falar homem?!

 

-Dos senhores que gerem o parque de estacionamento. Já estava na altura de alguém se lembrar de nós!

 

-De nós?! De nós quem?

 

-De nós os barrigudos! Sabias que durante a quarentena criaram lugares de estacionamento específicos para os barrigudos  que têm churrasqueira ?

 

-O quê homem?

 

-Já sabia que não ias acreditar... e por isso tirei uma foto : 

 

20200726_105058.jpg

 

csscissors.jpg

Tags:

Harmonia geracional? Sim é possível.

por Pequeno caso sério, em 24.07.20

Uma família de betos foi à praia que isto da crise chega a todos e a guita para frequentar os empreendimentos com piscina e acesso privado a determinadas praias é coisa que já lá vai.

O primeiro a ir à água foi o adolescente beto. 

A seguir foi o pai beto.

Por último, o avô beto.

Todos munidos do seu óculo de Sol beto.

Todos com o calçonete  típico de beto que tal como manda a tradição beta, igual para os três, e que foi usado de acordo com as idades.

 

20200721_222949.jpg

Uma linda foto de família, pois é?

É sim senhor.

csscissors.jpg

Tags:

Nova era, novos prazeres.

por Pequeno caso sério, em 23.07.20

Há quem diga que a melhor sensação de todas é beber água quando se tem sede.

Outros há para quem o maior prazer da vida é comer.

Há também quem ache que a melhor coisado mundo é ter um orgasmo mas na era atípica em que vivemos há outro tipo de prazer que deve ficar ali taco a taco : o argasmo.

20200722_163520.jpg

 

csscissors.jpg

Tags:

S.O.S

por Pequeno caso sério, em 22.07.20

(interrompemos o habitual registo de maluqueira pois a causa merece) 

 

 

É do conhecimento público que se antes da pandemia já havia bastantes casos de violência doméstica, com o confinamento obrigatório, esse número escalou. 

É também sabido que muitas vezes as vítimas são altamente controladas não conseguindo pedir ajuda de forma nenhuma.

Pensando nisso, as farmácias portuguesas puseram mãos à obra e decidiram criar uma espécie de "código" que poderá ser usado pelas vítimas quando forem a um balcão mesmo que estejam acompanhadas pelo agressor . 

Ao usar a expressão "Máscara 19", o farmacêutico saberá exatamente o que fazer.

 

20200721_191730.jpg

    Toca a divulgar. 

csscissors.jpg

Hoje, mais uma vez, vou testar a vossa falta de sapiência. 

Dizei-me cá, saberdes o que é uma bichectomia?

Dou-vos uns segundos para pensar...

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Aposto que sei o que vai nessas cabeças...

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Ó p'ra elas a dar ao dedo na rodinha do rato...

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

'Tarda nada têm uma tendinite no indicador...

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

'Atão? Nada?! Pois,o costume.Se não sou eu, morrem parvas!

Vou ajudar dando algumas hipóteses:

 

a) cena que os humanos fazem para ficar parecidos com os bichos;

 

b) cena que só as bichas é que fazem;

 

c) ação realizada pela bicheza enquanto come a chicha duma 'ssoa quando esta falece;

 

d) procedimento da cirurgia estética que algumas famosas dizem que jamais fariam mas que,vai-se a ver, foi só uma das trinta e sete coisas que fizeram à fronha antes de parecerem outra pessoa;

 

e) cena que se faz à bichana para que fique mais bonita (?).

 

 

E a resposta certa é ......................d).

Uma bichectomia é um procedimento estético que se faz no interior das bochechas e tem como objetivo tornar o rosto mais fino marcado e delicado (seja lá o que isso for);harmonizar a face dando-lhe um efeito blush (também os pós que se vendem nas perfumarias e são bem mais baratos);tem um resultado natural (desde que natural seja parecer igual à robot Sophia) e uma recuperação rápida ('tão não? há lá coisa mais rápida de sarar do que a boca cosida por dentro?!).

20200720_172125.jpg

E veio isto tudo a propósito de quê?

 

Olhem em primeiro lugar eu tinha a certeza que não sabiam disto. Enganei-me ?Claro que não! Não me parece que este antro de maluqueira seja frequentado por gente recauchutada,caso contrário,já me tinham caído em cima.

Em segundo lugar,porque vi no outro dia uma reportagem que deu no Jornal da Noite da SIC, onde várias bloggers falavam do uso da sua imagem e dos filhos ainda pequenos que não têm voto em matéria de exposição pública. Nessa reportagem uma das bloggers era Fernanda Velez que questionada por alguns seguidores do seu Instagram (e não só)afirmou que nunca fez nenhuma cirurgia estética,apenas faz massagens. 

Podia dizer muita coisa sobre isso mas deixo ao vosso critério.

 

Esta era a Nandinha antes:

20200720_172319.jpg

E esta é a Nandinha depois:

20200720_172200.jpg

Nandinha filha, estás incomparavelmente melhor.

A cara é tua. O corpo também.

És maior e vacinada e não me parece que te tenham obrigado a nada.

Provavelmente até foste tu a pagar tudo isso.

E até entendo que não queiras partilhar quem foi o mago que fez tudo isso sob pena de aparecerem 127 clones teus.

Agora, dizer que nunca fizeste nenhuma cirurgia estética e que só fazes massagens é...

Olha é o mesmo que eu dizer que faço abdominais todos os dias  quando na realidade, só espirro.

csscissors.jpg

Filtros

por Pequeno caso sério, em 20.07.20

As crianças são isso mesmo, crianças, e por isso mesmo em vários aspetos estão ainda a formar-se.

Não creio que seja benéfico falar para um miúdo de nove anos como se tivesse dois nem acredito que falar para uma criança de dois anos como se fosse um adulto dê algum fruto.

Há conversas para todas as idades e se sou apologista de que não se deve esconder nada das crianças, também defendo que devemos filtrar aquilo que dizemos:

20200718_091851.jpg

 

csscissors.jpg

Tags:

Pág. 1/3



foto do autor




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.