Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




(My) World press photo

por Pequeno caso sério, em 30.04.19

Longe da ribalta .

Longe dos holofotes das grandes exposições que atraem milhares de visitantes e engordam bilheteiras.

Longe das entrevistas mediáticas. 

Longe de tudo isso, uma foto de autor desconhecido (pelo menos para mim) ensina - nos o verdadeiro significado da palavra gratidão.

 

 

2019-04-27 10.39.06.png

A história resume - se a isto:

um rebanho  foi ameaçado por lobos. O cão defende o rebanho, é atacado e fica visivelmente ferido. Uma das ovelhas aproxima - se e, como que em agradecimento, conforta - o.

 

 

 

E os animais são eles?!  Pois.

csscissors.jpg

Pequeno caso sério, a influencer

por Pequeno caso sério, em 29.04.19

Pequeno caso sério pediu, Pequeno caso sério teve. Quer dizer...mais ou menos...

 

Lembram - se do post Os sapos do Sapo ? Sim esse mesmo que foi destaque e tudo.

'Tão parece que os senhores do Sapo temeram que houvesse por aqui uma rebelião e fizeram mudanças nos sapinhos. Quer dizer, eliminaram alguns, sim senhor, e arrumaram outros tantos. Ouvi dizer que se inspiraram na Marie Kondo ,essa diva do demóine da arrumação. Fizeram o favor de nos explicar tudinho aqui .

 

Ora álaver.

 

Não querendo parecer mal agradecida, a coisa foi...soft. Funcionou mais ou menos como o roupeiro das gajas: parece que foi arrumado mas na realidade, não foi.

Pouca coisa foi fora e o que lá reside foi "arrumado" mas isso é só...geografia. 

 

O que o pessoal queria mesmo, era assim umas roupas novas uns sapinhos novos, tipo um sapo cocó que tanta falta faz. Ou um a revirar os olhos. Ou um a ler. Isso é que tinha sido de valor!

 

Portanto, senhores do Sapo,fazei lá a vontade a tanta gente que aqui mora e em vez de arrumar o roupeiro, deem-nos antes um novo.De preferência, um closet .Daqueles mesmo à bruta, estilo Kardashian.Isso é que era!Mais ou menos isto ...

giphy.gif

...mas com sapinhos.

Vale? 

 

Eu cá se fosse vocês, acedia às reivindicações. Vai que esta malta que mora no Sapo se lembra de vestir uns coletes amarelos, hum ? É que estão todos mortinhos para que a coisa se dê, não estão 'ssoas que moram no Sapo?

 

recursive-yes.gif

           

           Eu cá não arriscava.

csscissors.jpg

Leite e software

por Pequeno caso sério, em 26.04.19

Lembram - se da saga do telemóvel certo?

E lembram - se de eu vos ter dito que o "diálogo " com o indiano que me salvou foi...estranho, certo? Pois bem. O que aqui vou contar é o mais aproximado da realidade sendo que jamais conseguiria retratar toda a surrealidade da coisa.

 

Entro esbaforida loja adentro. Ao balcão,  um gajo novo com uma barba mais penteada que o meu cabelo e um turbante escuro.

eu- Bom dia.

 

ele -' Dia. Que foi?(assim mesmo.à bruta)

 

eu- o telemóvel deixou de funcionar...parece que arranca mas não sai disto...

 

ele- software .

 

eu- não. Foi leite. 

 

ele - software. 

 

eu (já a afinar)- não. Não foi o software. Foi leite. LEI-TE. Entornei leite por cima do telemóvel! 

 

ele- software. 20 euros. Amanhã pronto.

 

eu (a usar a minha veia cigana)- 20 €?! Isso foi quase o preço dele  novo!

 

ele- 20€.Amanhã pronto.

 

eu- Amanhã? ! Amanhã jovem?! Amanhã estou morta sem telemóvel! Hoje! Tem de ser HOJE ! (eram 11 da manhã )

 

ele -ok. Hoje duazzzzz e meia/três telemóvel pronto.

 

eu- ok. Duas e meia eu venho cá. 

 

ele- não. Duazzzzzz e meia eu ligo para você. Vir buscar depoizzzzz.

 

eu- mas se me vai ficar com o telemóvel,liga para onde?!

 

ele- número pessoa amiga. Ou leva cartão. Não precisa cartão. Problema software.

 

eu (já em desespero)- Foi leite pá! Leite! Mas tá bem...regista lá o número.

 

 

Rajihd, regista o número num autocolante laranja que cola na parte traseira do telemóvel em coma.

Vou à minha vida parecendo que me amputaram qualquer coisa.

Duas e meia.

Nada.

Três horas.

Nada.

Arranco de casa esbaforida capaz de esganar o indiano.Chego à loja. Estava a atender outro cliente que reclamava do mau serviço prestado.

"Estou fodida!" - pensei.

discussão prolongou - se por mais 5 minutos até que Rajhid informa cliente que "problema software. Ecrã mau. Novo 50€ .Fica bom." 

Cliente sai capaz de engolir Rajhid mas sem alternativa, resigna - se e sai.

Rajhid olha para mim e pergunta:

 

- 'Qui é? (assim mesmo.um glamour que só visto)

 

eu- vinha buscar o meu telemóvel que ficou cá a arranjar de manhã. Estive à espera que me ligasse. Como não ligou,decidi aparecer. 

 

ele- qual telemóvel? 

 

eu- o do leite.

 

ele- quê? leite?! 

 

eu- sim leite.

 

ele - qual marca?

 

eu- Samsung. Branco. De 1914. 

 

ele  (sem atingir a ironia saca do meu bebé debaixo do balcão já com vida)- Bom. Mas botão este não funciona.

 

eu- mau! Se não funciona um botão então não está bom!

 

ele - sim bom. Software bom. Mas bateria já não dá muito. Quiser mais bom paga 40€ bateria muito bom.

 

eu- mas então trabalha ou não? !

 

ele - sim. 

 

eu (já no expoente máximo da varina que mora em mim)-  'tão quer dizer, deixo cá o telemóvel para arranjar, cobras - me 20€ e ainda vou com a bateria marada e sem um botão? ! Deves 'tar a gozar!

 

ele- faço 15€!

 

eu- dá cá!  És um santo.

 

9Ufc.gif

 

 

 

Fui um bocado parva.

Mais 10 minutos e o Rajhid oferecia - me um telemóvel topo de gama. 

csscissors.jpg

Liberdade

por Pequeno caso sério, em 25.04.19

A propósito da data que se comemora , mãe e filha (6/7anos) travam a seguinte conversa: 

 

- Hoje não há escola. Iuuuuupi!

 

- E sabes porquê? 

 

- Sim sei. É feriado porque é dia da liberdade. 

 

- Muito bem! Isso mesmo.A liberdade é uma coisa muito boa...tu sabes o que é a liberdade?

 

- Sim.

 

- Então explica lá...

 

- A liberdade é nós só fazermos o que queremos!

 

- Sim...pode - se dizer que sim.

 

- Eu gosto da liberdade. E hoje vou ser livre.

 

-Ai vais? Explica lá...

 

- Vou ser livre... de não fazer os trabalhos de casa.

 

tenor-2.gif

csscissors.jpg

Sem telemóvel

por Pequeno caso sério, em 24.04.19

Podia ser uma música do Conan Osíris, mas não é. 

Aconteceu - me. Logo a mim que sou super cuidadosa com o bicho. Isto se não contarmos com as 2467 vezes que já se mandou ao chão numa tentativa desesperada de suicídio por excesso de trabalho, coitado.Agora, adivinhem lá como é que a coisa se deu...

Precisam de uma ajuda? 'Tá bem, eu ajudo:

 

a) caiu na sanita (um clássico)

 

b) esqueci- me dele em cima do tejadilho do carro e arranquei

 

c) deixei - o cair da mala (que anda sempre aberta) e veio uma velha com um carro de supermercado e passou-lhe por cima

 

d) morreu afogado. Em leite de amêndoa. E cereais.

 

tenor.gif

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Já se decidiram? Qual ? Qual? 

 

4b5bb15065695451e55d8ba26e29f8e0.gif

 

 

 

'Pá, já me dói um bocado os maxilares...deve ser da pastilha que já 'tá dura que nem cornos...

 

giphy.gif

 

Pronto. 

Eu conto.

Foi a alínea d).

Verdadinha. Entornei uma boa porção de leite de amêndoa e cereais por cima do bicho enquanto tomava o pequeno almoço e lia as notícias no telemóvel. É um hábito de anos e nunca tal tinha acontecido...mas aconteceu.

E o que é que fiz a seguir?

O que qualquer gaja faria: fui a correr para o indiano mais próximo e suplicar que mo arranjasse no próprio dia sob pena de falecer com um ataque de 'nerves qual agarrada ao cavalo mas sem o dito.

Ah pois é!  Falamos dos catraios e da sua dependência deste aparelho do demóine mas a verdade é que nós, os adultos(?), também já não sabemos viver sem esta porra. E não tem só que ver com as responsabilidades que temos. Para além do facto de ficar incontactavel, só me lembrava como é que ia fazer para vos dar literatura da boa. 

Este blog esteve quase a sofrer um interregno forçado. Quase. Mas, a troco de 15€ , o drama acabou em poucas horas. 

Por isso minhas amigas, é agradecer ao indiano que  permitiu continuarem a deleitar - se com as pérolas que aqui vos deixo diariamente. Façam isso. Assim que descobrirem um dialeto no qual se entendam que eu cá ainda não percebi como é que esse milagre se deu. Mas isso, minhas amigas,isso é assunto para outro post. Preparem os lenços de papel. Vão precisar.

 

tenor-1.gif

csscissors.jpg

Ucrânia: quando o humor chega ao poder

por Pequeno caso sério, em 23.04.19

Ponto prévio :

Percebo tanto de política como de canalização ou eletricidade. Porém, este post não é sobre política. É sobre a força do humor.

 

A Ucrânia foi a votos. 

A escolha era entre alguém que já reinava confortavelmente no poder há alguns anos e uma lufada de ar fresco trazida por um ator. Nada de novo. Nos Estados Unidos já se fez isso, não foi?

Foi.

Só que este ator foi protagonista de uma série televisiva, humorística onde representava um homem sem passado político e que conseguiu chegar à presidência de um país. 

A série teve tanto sucesso que alguém se lembrou de trazer a coisa para a vida real para ver no que dava. Mais que não fosse, servia para acagaçar o adversário. Mas não foi só isso. Vladimir Zelenski ganhou de forma inequívoca as eleições na Ucrânia e tem pouco tempo para se inteirar do que tem pela frente. E enquanto muitos esperam que de espalhe ao comprido, outros há que se perguntam Porque não? 

Eu pertenço ao segundo grupo.

Mil vezes uma pessoa inexperiente mas empenhada a uma pessoa inertemente instalada na sua sabedoria. 

Creio que ainda ouviremos falar muito deste senhor 

ek2kkefm9bsxhja7osyk481sk.jpg

Mas tal como referi acima, este post não é sobre política.

É sobre o poder do humor. Se dúvidas existissem, a Ucrânia abriu-nos a porta e mostrou - nos como se faz.

Por cá, há muito tempo que digo que temos alguém capaz da mesma proeza que  Vladimir. Não acreditam?

Então convençam o Ricardo Araújo Pereira a concorrer a qualquer, repito, qualquer eleição, e vão ver o resultado.

 

img_920x518$2018_09_08_00_29_41_1444983.jpg

Ricardo filho, se me estás a ler, contas com o meu voto. E se quiseres, até te faço uns slogans bem catitas para a tua campanha. Ora atenta e diz-me lá se isto não é coisa para te levar à vitória :

 

" Vota no Pereira e nunca mais trabalhas à segunda-feira! "

 

Ou

 

" Se votares no Araújo, Portugal nunca mais será sujo! "

 

Ou 

 

" Fedorento à presidência? Não ofereças resistência! "

 

 

Ou ainda

 

"Não queres ser um bastardo? Vota no Ricardo!"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

nota de rodapé : se precisares de uma maluca criativa na tua equipa, já sabes onde me encontrar.

csscissors.jpg

Uma anedota por dia, não sabe o bem que lhe fazia #32

por Pequeno caso sério, em 22.04.19

Um elefante. 

Um camelo.

Vira - se o elefante para o camelo e diz -lhe com ar de superioridade:

 

És um bicho muito estranho...

 

- Ai sim? E porquê? 

 

- Porquê?! Já te viste ao espelho? 

 

- Já! E...

 

- E não achas nada de estranho no teu corpo?

 

- Sinceramente? Não. Mas porquê? 

 

- Pá, porque tens duas mamas nas costas.

 

- Deves ter muita moral para falar ...logo tu...com essa picha no meio da cara...

 

pink_elephant_camel_by_bubblesishot46853-das1grg.g

csscissors.jpg

A gaja e a Páscoa

por Pequeno caso sério, em 19.04.19

A gaja não gosta da Páscoa e acha que é mais uma desculpa para se enfardar à grande. Mesmo bom para acrescentar às calorias que ainda não  se perderam graças ao nascimento do menino . Aliás, a gaja começa a olhar para estas figuras com desconfiança.Primeiro nasce, come - se até rebentar.

Depois morre e ressuscita, e também se enfarda.

A gaja começa a perceber porque é que andava tudo de vestes até aos pés...

 

A Páscoa,tal como o Natal,transforma as 'ssoas em pequenos Gremlins.Filas intermináveis nos supermercados para comer merdas que se podem comer durante o ano todo.

Se pensarmos bem, a comida desta época é...parva.

O folar cola - se ao céu da boca e se pensam que podem aproveitar o ovo cozido que lá vem, esqueçam. Aquilo é coisa para ter vários quinquilhões  de salmonelas.Caiam na tentação e depois vão ver o que é apanhar uma valente caganeira. Não é que a gaja já tenha passado por isso. Não senhor. Mas ouviu dizer.

E as amêndoas? Outra merda. Ou têm toneladas de açúcar ou os bocadinhos enfiam - se em buracos que nem sabiam que tinham nos dentes. Sobram as de chocolate. Really? Querem mesmo arriscar? Olhem que acabam no mesmo sítio do ovo cozido do folar...

Passamos ao cabrito. Ou ao borrego.Com umas belas batatinhas assadas no forno...

Outra invenção do demóine que engorda só de olhar. Já para não falar do cheirinho a borregum que fica entranhado. Não que a gaja coma. Não senhor! Contaram - lhe.

E os ovinhos de chocolate, hum? Todos 100% cacau. Uma merdavilha. Deve ser para fazer pendant com a merda de "surpresa" que lá vem dentro. A gaja não come nada dessas coisas, como é óbvio. Mas disseram - lhe. E a gaja é uma crente naquilo que as 'ssoas lhe dizem.

 

E para terminar, a gaja deixa no ar uma pergunta e que tem que ver com um dos símbolos desta época :

Quem foi o gajo (sim porque isto é coisa de gajo) que se lembrou de associar um coelho e ovos, hum? 

Tudo bem que os coelhos sejam animais fofinhos e-tudo-e-tudo MAS daí a pô - los a cagar ovos de chocolate...

A propósito de coelhos, a gaja conhece um que foi lambão aviou  sozinho três ovos cozidos(de folar),meio quilo de amêndoas e,para rebater,um ovinho de chocolate com 500grs.

Adivinhem onde está agora?

 

Exato.

 

9KTD.gif

Não se preocupem que ele guardou-vos um lugarzinho.

             

           Boa Páscoa ! 

csscissors.jpg

Will you mary me?

por Pequeno caso sério, em 18.04.19

Tem namorada?

Quer pedi-la em casamento? 

Quer impressionar com algo original mas não tem muita guita ?

Pensou num colar de pinhões mas não chega lá? 

 

        Não se preocupe mais ! 

 

Pequeno caso sério dá uma ajuda!

 

2019-04-17 21.39.05.png

 

 

csscissors.jpg

Coachella

por Pequeno caso sério, em 17.04.19

Sabem o que é uma wish list ?

É uma lista com coisas que gostávamos de fazer antes de esticar o pernil. Mas,vá-se lá perceber porquê,em estrangeiro soa logo a outra coisa. 

Uma das coisas que tinha na minha wish list ,era ir a um festival de verão. Daqueles à séria. Como o Woodstock já se finou, umas mentes iluminadas arranjaram uma alternativa: o Coachella .

Ora o Coachella é um mega festival.Diz quem já foi que deve ser o local com mais gente famosa por metro quadrado.

E o que é que 99% do gajedo vai para lá fazer? Não vai curtir a música. E também não vai (só) divertir - se.Não senhor!

gajedo vai para lá desfilar modelitos,ver o que as outras gajas levam vestido e aparecer. Só isto. 

E o que é que isto tem a ver com uma wish list?  Tem tudo...na medida em que era uma das coisas a que eu gostava de fazer antes de esticar o pernil. 

E assim foi.

Convidei a minha grupeta e lá fomos nós, sempre sem esquecer o dress code inerente à ocasião. 

Somos um grupo muito unido e embora umas socialonas do pior, quase ninguém se aproximou de nós. 

Tanto melhor.Não sei se sabem mas arranjar espaço por aquelas bandas não é fácil. 

 

20190416_142559.jpg

Ficámos bem na foto, pois ficámos?

csscissors.jpg

Pág. 1/3



foto do autor




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.