Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Sexta-feira 13

por Pequeno caso sério, em 13.04.18

Parece que hoje é aquele dia em que temos azar. Ainda bem que é só hoje.

Desejo a todos uma boa sexta - feira e não se preocupem muito que só dura 24 horas.

 

Despeço - me com amizade, não sem antes deixar uma bela obra de arte para que possam contemplar que isto da arte é muito bonito e agora com tanto dinheirinho,upa, upa!

 

 

 

bf509b0fbe1ecb9fa2e60395a982e09b.gif

   Bonita , pois é?  Lamento. Vi primeiro. 

csscissors.jpg

No pain, no gain.

por Pequeno caso sério, em 12.04.18

Toda a gente conhece a saga do Rocky Balboa.

Eu fui grande fã . Convém lembrar que à data da saga eu era uma teenager inconciente e achava o Stalone o máximo. O Russo também me arrancou alguns suspiros mas de quem eu gostava mesmo era do Rocky e nem a boca de trombose me demovia. O facto de não  perceber um caralho do que dizia, também não. Coisas de gaja.

Vi todos os filmes. Várias vezes.

 

Quem acompanhou a saga conhece bem a expressão que o Rocky utilizava enquanto treinava para se motivar a prosseguir:

                "No pain, no gain"

 

Ora onde é que eu quero chegar com isto tudo? Calminha que já lá vamos.

 

Quando eu disse ali acima que era fã, quero que saibam que para mim ser fã de alguém se resume a ver os filmes e pronto. 

Mas admiro muito aquelas ' ssoas que têm a coragem de ir mais além.

 

Juro que admiro.

 

Mesmo.

 

Muito.

 

Imenso.

 

2018-04-11 00.45.42.png

 

AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!

csscissors.jpg

A propósito desta trapalhada que tem acontecido nos aeroportos, lembrei - me de uma cena que se passou comigo  no aeroporto de Nice e onde pude partilhar com o mundo mais um momento de glamour do qual sou inatamente dotada.

 

A fila para o embarque era gigante.Daquelas com as fitas a ordenar o gado.

Gente de todas as nacionalidades que falavam todos os dialetos possíveis e imaginários. Português? Nada. Só nós. 

Maneiras que estávamos ali os três a bufar ,já passados com a lentidão de todo o processo quando , de repente , chega uma idosa que se vai esgueirando na fila, de braço dado com o marido.

Manquei a velha à légua e comecei logo a debitar poesia à  velocidade de dez segundos e cada vez mais alto:

 

-Olha a velha...

 

 

-A tentar passar à frente de toda a gente!

 

 

-Deve pensar que somos todos parvos!

 

 

-Humf! Eu já lhas conto!

 

 

-Puta da velha!

 

 

-À  minha frente é que ela não passa! AI NÃO PASSA NÃO !

 

 

 

De súbito, a velha olha para mim e diz:

 

- Ai isso é que passo porque o meu marido é doente e tem aqui um cartão! 

tenor.gif

csscissors.jpg

This is us. Ok... this is just me.

por Pequeno caso sério, em 10.04.18

Ando desde o Natal às voltas com o novo livro do RAP. 

250x.jpeg

Pego.

Largo.

Pego.

Largo. 

 

Não que o livro não seja bom. Nada disso. Eu é que ando meio arredada da leitura e por isso este tem demorado mais. 

 

Ora este sábado de manhã fui fazer um tratamento demorado ao hospital e pensei levar comigo o livro. Já que tinha de estar ali , ao menos que fosse em boa companhia. E assim foi. Tratamento iniciado, agarro - me ao livro e na página 122, encontro uma definição da minha pessoa. Como se fosse eu a descrever - me. Mas em bom. Em muito bom.

Diz Ricardo Araújo Pereira sobre si :

"(...) passei muito tempo com a minha avó, que não era, digamos, uma pessoa exuberantemente afectuosa. Sucede que, talvez  por isso, eu também não sou uma pessoa exuberantemente afectuosa.Também não sou dado a beijos e abraços. Quando quero explicar a uma pessoa que gosto dela,  tenho de recorrer a outros estratagemas. A minha avó cozinhava. Ou esperava por mim à janela. Eu digo coisas. Deu - me para isto. Faço tudo o que é importante com palavras, porque não sei fazer de outra maneira. Acho que foi isso que me atraiu na actividade de fazer rir as pessoas : trata - se de provocar uma convulsão física nos outros - mas sem lhes tocar. O Marquês de Sade gabava -se de produzir este e aquele efeito nas senhoras. Sim, mas a tocar também eu. Gostava de ver o Sr.Sade fazer com que alguém se contorcesse sem contacto físico. (...)"

 

E pronto. É isto.

Em poucas linhas RAP consegue desmontar  toda a minha complexidade :

1- afinal não sou a ultima da espécie nem sou um cagalhão seco. Tenho é muitas coisas para dizer .

2- percebo finalmente porque é que vir aqui todos os dias dizer coisas se tornou tão importante para mim. 

 

Se desse lado houve um levantar de sobrolho; um lábio que se elevou ou até, quiçá, uma lágrima no canto do olho, então significa que estou no bom caminho. A menos que sejam arraçados/as de cagalhão seco e também tenham de escrever coisas.Estejam à vontade. A caixa de comentários é já ali em baixo. 

csscissors.jpg

Vezes três

por Pequeno caso sério, em 09.04.18

Ter um bebé já é difícil.

Agora multipliquem isso por três.

Como sempre, o humor é  a melhor saída .

 

 

csscissors.jpg

Quatro milhões de subscritores

por Pequeno caso sério, em 06.04.18

É uma "figura" influente no YouTube e já conta com quatro milhões de subscritores. Repito: quatro milhões de subscritores. 

Dita tendências de moda (?).

 

Usa acessórios (?) exclusivos .

 

Tem o pêlo irrepreensivelmente cuidado e usa os penteados (?) que estão na moda.

 

Chama - se Francesca. 

 

Ei - la:

2018-04-05 21.51.59.png

A  cadela tem quatro milhões de subscritores e nem sequer fala. Eu, que todos os dias vos dou literatura da boa, não chego aos duzentos.

O que é que querem mais, hum?

Que eu comece a alçar a perna para mijar? Que cheire o cu a todos os cães que passam? Que ladre? Que corra que nem uma maluca atrás das bolas e volte com a língua de fora com a baba a escorrer ?!

 

Quatro milhões de subscritores.

Puta da cadela. Humf ! 

csscissors.jpg

Anteontem fez frio

por Pequeno caso sério, em 05.04.18

Não vou dizer nada...ouçam até ao fim e depois digam-me se conseguiram ouvir a música original sem se lembrarem disto

 

csscissors.jpg

Aspirina ou canja ?

por Pequeno caso sério, em 04.04.18

Quando uma  'ssoa está adoentada é normal ter a ideia peregrina de a canjinha de galinha poder fazer milagres por nós. 

A verdade é que , se pensarmos bem, aquilo resume - se a água quente com gordura e umas massas a boiar. Duvido que faça realmente bem a quem quer que seja mas o psicológico fala mais alto e uma ' ssoa acredita que depois de um prato de canja está pronta para tudo.

E há mais. 

Alguém já se deu ao trabalho de se pôr no lugar de uma galinha? Pois , logo vi que não.

Eu também nunca tinha pensado nisso mas houve uma alma iluminada que pensou : 

2018-03-29 18.47.48.png

csscissors.jpg

Prato gourmet

por Pequeno caso sério, em 03.04.18

Sabem aqueles pratos todos pipis, cheios de rococós e mimimis? Aqueles que custam um ordenado mínimo, são elaborados por chefs com muitas estrelas Michelin, e que toda a gente conhece como  pratos gourmet? Esses mesmo .

Ora o que é que sucede? Sucede que eu andei em investigações (rigorosíssimas como sempre) e apurei que um prato gourmet não é nada disso.

"Ai não Pequeno caso sério?"- perguntam vocês com esse ar de porteira

 

Não.

 

Um prato gourmet tem de ser chique, sim senhora,com comida que se veja e sem gastar uma fortuna ...assim uma espécie de três em um. Mas com níbel. 

 

"Ó Pequeno caso sério, então e como é que fazemos isso? Temos de ir a algum restaurante específico para provar esse milagre?"-perguntam vocês já a arder de curiosidade.

 

Não pá. Não têm. Tudo o que precisam é de ter um Mercedes por perto.

 

"Um Mercedes, Pequeno caso sério? Como assim um Mercedes?- perguntam vocês com cara de parvas sem perceber como é que isto vai acabar mas já adivinhando que vem aí parvoíce. 

E não é que desta vez acertaram? 

 

2018-04-01 21.36.40.png

 

2018-04-01 21.37.14.png

A gerência deste blog não se responsabiliza pelo eventual aumento da vandalização de automóveis Mercedes. 

csscissors.jpg

Tudo a nu

por Pequeno caso sério, em 02.04.18

Sabem aquelas peles irritantes que doem comámerda e que ,inexplicavelmente, se levantam nos cantos dos dedos?

Sim. Essas mesmo que insistimos em arrancar.

uma razão para não o fazermos ...

2018-03-29 19.13.46.png

2018-03-29 19.14.16.pngAposto que quando leram o título do post acharam que ia haver badalhoquice...

 

Pequeno caso sério -1

Leitoras/es taradas/os- 0

csscissors.jpg

Pág. 2/2



foto do autor




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.