Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Apocalipse

por Pequeno caso sério, em 17.03.17

No sítio onde vamos almoçar quase todos os dias a dona /cozinheira é uma querida.

Faz uma comida deliciosa, apuradinha mesmo parecida com a comidinha da avó.

Muitas vezes pergunta - nos sugestões e fá - las com gosto. É com um gosto ainda maior que as devoramos .

Ora ontem  a senhora lembrou-se de fazer um prato diferente do habitual : pescada , couve-flor, ovo cozido , cenouras e batatas, tudo disposto num tabuleiro e convenientemente regado com molho bechamel. Vai tudo ao forno e voilá

Pois que olhei para aquilo e pensei logo: "sim senhora ...tem bom aspeto...o sabor não é mau...mas isto não vai correr bem".

As horas foram passando e , quando cheguei à minha mãe para lanchar tinha à minha espera uma surpresa: alheira de maçã! Enfardei o mais que pude que eu com a alheira não brinco.

 

pescada

ovo cozido

couve-flor

cenoura

batata

bechamel

alheira de maçã

 

Minhas amigas...

Digestão feita , eis que o intestino começa a dar sinais que estava na hora de mandar cá para fora os despojos do dia.

 

 

 

Percebem agora o título do post , ou tenho de ser mais clara?!

csscissors.jpg

Apanha se puderes

por Pequeno caso sério, em 16.03.17

 

Hora de fazer o jantar.

Ligo a TV para ir dando uma espreitadela enquanto faço o repasto. Estava na TVI e deixei ficar.

Em antena o novo programa da Cristina Ferreira onde ela grita uns agudos que fazem corar a sô dona Júlia Pinheiro e o vocalista dos ACDC.

A dupla de concorrentes eram irmãos, gémeos, alentejanos e engraçadíssimos. Foi o suficiente para prender a minha atenção. E valeu a pena. Posso-vos dizer que já não me ria assim há algum tempo.

 

Quando a Cristina pergunta qual o motivo que os levou a concorrer a resposta foi pronta e certeira:

"Resolvêmos concorreri porque têmos uma cultura gerali acima da médiã"

 

Pensei que a coisa prometia e deixei-me ficar a ver.

Creio que foi na pergunta três, já a meio do jogo, que verti uma pinga de chichi de tanto me rir.

Para a  pergunta " Qual destas expressões é árabe? " o moço tinha de escolher uma das seguintes opções :

 

a) Quid pro quo

b) Buonasera

c) Inshallah

d) Sayonara

 

Foi aqui.

Foi aqui que a coisa atingiu o  auge. 

O moço avisou  logo que: 

"nã sei a resposta mas vou seguiri o mê instinto porque os alentejanos perdem munto têmpo pensãndo nas coisas e por isso têm um instinto munto apurado."

 

E prosseguiu revelando o raciocínio :

 

A  a)  nã ei porque isso é francês...atão , vê-se logo !

 

A  b)  acho que tamein nã ei porque deve ser italiano.

 

A  c) ...ê cá acho que é esta  porque os árabes têm muntos "ll" e muntos "aa" nas palavras...sóbesse que isto ia sairi tinha lido uns livros arabes..."

 

A  d)  é que nã ei mesmo porque Sayonara é sírio.

 

 

 

Minhas boas amigas , se tiverem TV por cabo vão ver com os vossos olhinhos. Vão que aquilo que aqui relatei é só uma amostra

 

 

nota : posso estar enganada mas o mê instinto diz-me que a Cristina Ferreira ainda vai apostar nestes dois .

csscissors.jpg

Humor negro

por Pequeno caso sério, em 15.03.17

Sabem aqueles dias que estamos sentadas ao computador há dias horas a trabalhar numa coisa e, em vez de diminuir, o sacana do trabalho só aumenta?

Pois.

Nunca a expressão mato-me a trabalhar fez tanto sentido:

csscissors.jpg

Chico, o Papa

por Pequeno caso sério, em 14.03.17

Não gosto da igreja nem do que ela representa. Fátima ilustra bem o porquê .

Herdei esta condição do senhor meu pai que uma das coisas que mais o revolta é ver na televisão aquele bando de chulos nas cerimónias que decorrem em Fátima. Isso e o Cavaco.

Maneiras que passei toda a vida a ouvir estas coisas e quando finalmente já tinha estrutura mental para tomar as minhas próprias decisões , dei comigo a achar que se calhar o velhote tinha muita alguma razão.

 

Não sou batizada porque o padre da minha paróquia fez questão de dizer aos meus pais que ,como só eram casados pelo registo civil (porque não tiveram dinheiro para mais), aos olhos de Deus eram apenas amantizados. Todo o trabalho que a senhora minha mãe teve para arrastar o meu pai até à igreja ...acabou numa grande discussão com o senhor meu pai a deixar o padre a falar sozinho...mas não sem antes lhe dizer umas...verdades.

 

Como não sou batizada o casamento por igreja estava fora de questão, certo ? Errado!

 

Mais uma vez, toda a igreja no seu esplendor : fala - se com o padre que diz que tenho de me batizar primeiro . Digo que não. Pergunta porquê. Explico - lhe o sucedido há muitos anos atrás. Começa a fazer contas cabeça e chega à conclusão que o tal padre...era ele. Maneiras que pagámos um pedido de autorização ao bispo e pronto...a coisa já se pôde fazer que isto das crenças é uma coisa muito bonita e séria. E não. Não me batizei.

 

'Tão mas se não acreditas em Deus nem na igreja porque é que quiseste casar numa?- perguntam vocês com esse ar xoninhas e gozão.

 

'Pá não devia contar estas coisas porque corro sérios riscos de destruir a imagem que têm da minha pessoa mas já que me aturam há cerca de um ano, cá vai.

 

 

Há um grupo muito restrito de mulheres que não faz questão de casar na igreja, vestida de noiva, com o véu a tapar-lhe a cara, ser levada pelo pai mas sobretudo olhar para o gajo que escolheram e vê-lo desmanchar-se em frente a toda a gente. Infelizmente eu não pertenço a esse grupo de mulheres. Se juntarmos a isso as frases "és a única filha que tenho...não me dês esse desgosto!"  e " juntas são para os bois" que ouvi durante meses , têm a conjuntura perfeita para a coisa se dar. E deu-se. Foi um dia muito bonito que meteu choradeira, arroz nas cuecas e gente de cu para o ar à procura das alianças. 

 

´Tão mas o que é que isto tudo tem a ver com o Papa Chico?- perguntam vocês com essa cusquice que vos é característica.

 

Tem tudo.

O Papa Chico é a personificação de tudo aquilo que a igreja deve ser: humildade e proximidade . O Chico era  'ssoa para tornar esta ateia resultado do cruzamento duma crente temente a Deus com um ateu do pior , numa 'ssoa ...diferente. Reconheço neste Papa muitas qualidades e está no meu TOP 5 de pessoas que adorava conhecer. 

Gostava de lhe ouvir uma boa explicação para todos os que vi partir cedo demais (falo sobretudo de crianças) para além daquela coisa que nos dizem que "Deus tem os que mais ama".

Gostava de ouvir o que pensa sobre aquela "coisa" secular dos padres que abusam sexualmente de menores. 

Gostava que me explicasse porque é que a igreja não renuncia a toda a riqueza que possui a favor de quem mais precisa.

Gostava de perceber o porquê daquele Staff   todo. 

 

Gostava e aposto que o Chico estava à altura para me responder . 

 

Uma das minhas imagens preferidas do Chico (para além de todas em que ri) é esta:

2017-03-13 19.32.14.png

 

Creio que já nesta altura João Paulo II sabia aquilo que todos nós só agora estamos a descobrir. Aposto que consigo adivinhar o que lhe disse ao ouvido:

"Chico, tem calma que um dia isto vai ser tudo teu e terás toda a gente aos teus pés. Mesmo as ateias com muitas perguntas."

csscissors.jpg

É desta !

por Pequeno caso sério, em 13.03.17

 

Andava aqui danadinha para não dizer nada acerca do festival da canção. 

Oito dias.

Oito dias foi quanto aguentei até ver esta foto da EKONOMISTA que resume bem o que queria dizer :

2017-03-10 23.48.02.png

csscissors.jpg

3 D

por Pequeno caso sério, em 10.03.17

Portugal está, por norma, nos últimos lugares em tudo o que é bom mas...se houver uma lista com merdas está com toda a certeza no TOP5.

Mas eu, moça atenta e perspicaz, estou aqui para vos falar dos cagões gabarolas dos canadianos que desta vez levaram na pá

 

Todos contentes inventaram um sistema com autocolantes que colam na estrada para fazerem os condutores andarem mais devagar e dessa forma evitarem tantos acidentes:

2017-03-09 19.34.20.png

 

 

 Pffffff...grande coisa!

 

 

Nós por cá, há anos que usamos tecnologia 3D:

 

2017-03-09 19.34.47.png

csscissors.jpg

A gaja e o dia das...gajas

por Pequeno caso sério, em 09.03.17

A gaja não acha piada nenhuma a este dia.

Não porque não esteja grata pelas conquistas que as senhoras do passado fizeram - das quais ela beneficia - mas pelo lado...parvo que se deu à coisa.

 

Há lá coisa mais parva de que um grupo de gajas (por vezes dezenas delas.......'ca medo!) que se juntam num mega jantar servido por gajos ? 

Há lá coisa mais parva do que receber do patrão uma flor para assinalar o dia quando  no dia seguinte volta a fazer aquela cara de cu porque temos de sair mais cedo pois o filho adoeceu de repente?

E as fábricas que neste dia melhoram "o rancho" e no final do mês continuam a fazer distinção entre um homem e uma mulher que desempenham exatamente a mesma função?

E aqueles grupos de gajedo que neste dia solta a franga pelos outros 364 quando vão a uma casa de strip masculino?

Pois.

 

A gaja acha que ser gaja não é isto.

 

Ser gaja é ser respeitada todos  os dias ;

 

É ter a liberdade de ir jantar com amigas quando lhe apetecer (e não apenas no dia 8 de março) , chegar às horas que bem entende e no dia seguinte partilhar as maluqueiras com o companheiro e rirem os dois;

 

É ser reconhecida (ou não) pelo seu mérito profissional e não em função do seu género;

 

 

É ter o direito de dizer umas caralhadas quando lhe apetece sem que olhos castradores se lhe dirijam com o argumento "isso fica tão mal na boca de uma senhora" (quando um homem diz exatamente a mesma merda sem que nada lhe seja apontado);

 

É sentir que chegou a casa e quem lá vive já fez a sua parte porque é mesmo isso, a sua parte, e não se "gabar" disso às amigas como se fosse uma sorte e não um dado adquirido;

 

É não deixar de ser quem se é 365 dias por ano.

 

 

 

Enquanto assim não for para todas, o dia da gaja será apenas isto:

csscissors.jpg

A fita-cola TRUMPalhona

por Pequeno caso sério, em 08.03.17

Nunca uma simples fita-cola deu tanto que falar.

 

Aparentemente o TRUMPalhão usa um pedaço de fita-cola para segurar as duas pontas da gravata por forma a não se separarem com o vento.

 

 

Pergunto eu:

'Tão um homem (?) destes não tinha melhor uso para dar à fita cola?!

Com tanta coisa (nele próprio) a precisar de ser "segura" e o homem (?) vai gastar a fita-cola na gravata?!

 

'Nã, senhor!

 

TRUMPalhão, filho, cheguei para te ajudar. Aqui ficam duas dicas de locais onde devias usar a bendita fita:

 

1ª- como é transparente usavas  para segurar os poucos cabelos que te restam e compunhas essa doninha amalgama ;

 

2ª- que tal usares a fita na boca, hum? isso é que era ! Garanto-te que o mundo ficava bem mais contente. A tua Mulânia também (nos dias em que os dois neurónios que possui estão a funcionar).

 

E já agora, e uma vez que hoje se comemora o dia da mulher , esse ser que tanto aprecias e respeitas, deixo-te um exemplo de uma grande Senhora que tem um par de tomates maiores que os teus com quem podias, entre outras coisas, aprender como se usa uma gravata...e sem fita-cola !

csscissors.jpg

Taboo

por Pequeno caso sério, em 07.03.17

Sou uma 'ssoa que se vicia rapidamente por séries televisivas e por isso mesmo evito vê-las .Quando a coisa é bem feita fico exaurida dos nerves por  ter de esperar pelo episódio seguinte. Não tenho vida para isso.

 

Não obstante , começou há quinze dias uma série sobre a qual já tinha lido...coisas. O enredo deixou - me com a pulga atrás da orelha . O protagonista também. Tem ar de mauzão e um corpo do demóine (não sei se a informação   é  relevante mas o homem aparece como veio ao mundo logo no segundo episódio). 

 

James Keziah Delaney desapareceu do mapa durante alguns anos mas volta do mundo (que o modificou de muitas formas)  para o funeral do pai e assumir aquilo que é seu por direito, contra tudo e contra todos . Põe toda a gente a tremer mas quem mais "sofre" com esta chegada é a pãozinho sem sal da meia - irmã com quem já andou enrolado e de quem ainda gosta. (resmas. Paletes de gajas tesudas giras para fazerem este papel e entregam isto àquela sonsa . Vai na volta ainda vamos vê-la a ...pecar muito. Lá diz o ditado : as sonsas são as piores.)

A saga passa - se em Londres no ano 1814. Os cenários estão muito bem pensados e conseguem transportar - nos para a época com facilidade. Talvez por isso tenha imediatamente associado a série ao meu livro preferido de todos os tempos : "O perfume"  de Patrick Süskind . (Pumbas! Assim de uma assentada levam com uma série excelente e com um livro genial. Embrulhem !)

 

Pois que estavam reunidas as condições perfeitas para me viciar e portanto , esperta como sou, não cheguei sequer perto da televisão no domingo à noite ,certo?

Errado!

  

E então? 

Então merda...que ainda faltam cinco dias para chegar  a domingo e ver o episódio número três ! Ou isso ou ver na net tudo de seguida e isso deixar-me-ia sem tempo para escrever aqui no blog. Dilemas.

 

Como sou muito vossa amiga aqui ficam umas imagens para vos...aguçar o apetite. Sirvam - se e depois digam - me se valeu a pena ou não. 

p.s- sou só eu que acho que este Tom Hardy daria um Grey infinitamente melhor naquela coisa das 50 sombras?

p.s.s- Aposto como a minha amiga Gaffe e a minha amiga Quarentona vão gostar desta série. Acertei? 

csscissors.jpg

Perfeição...ou quase,vá.

por Pequeno caso sério, em 06.03.17

Uma mulher .

Bem vestida.

Mala de griffe .

Óculos de sol daqueles que toda a gente tem mas que a ela  ficam muito melhor. 

Cabelo irrepreensível.

Perfume daqueles inesquecíveis mas em bom.

Maquilhagem perfeita .

 

Imagem da perfeição? 

Quase...não fosse aquele macaco do nariz a espreitar...e a mulher acima descrita se transformasse apenas... nisto :

2017-03-05 18.10.19.png

csscissors.jpg



foto do autor




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.