Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




1986: a cápsula do tempo

por Pequeno caso sério, em 23.03.18

Cá em casa existem dois tipos de 'ssoas : as que detestam Nuno Markl e as que gostam muito. Pertenço à segunda categoria e confesso que desde que anunciou na sua página de Facebook que estava a escrever a série , fiquei em pulgas. 

Como já disse, cá em casa vivem dois tipos de 'ssoas, maneiras que tive de adiar o visionamento do primeiro episódio para quando estivesse sozinha, o que fez com que a expetativa aumentasse. Não me desiludi.

 

Em 1986 eu tinha 13 anos portanto, tudo que é retratado na série eu reconheço.

Durante aquela (pouco mais) de meia hora , eu regresso aos treze anos enquanto assisto à crescente curiosidade da minha filha (que tem quinze) em saber como foi a adolescência da mãe. Temos dado boas gargalhadas .

Tudo me é familiar pois cada detalhe foi cuidadosamente estudado: os temas; as personagens(o elenco foi magistralmente escolhido);os diálogos;  os cenários; o guarda roupa; os automóveis; a banda sonora, enfim,uma verdadeira viagem no tempo através da caixa que mudou o mundo. Daquelas em bom. Em muito bom.

 

Nuno Markl,e a equipa que o rodeia, arriscaram tudo e dão-nos duas opções: ou acompanhamos a série semanalmente às terças à noite na RTP 1, ou na página RTP PLAY onde estão disponíveis os treze episódios de uma vez. Se foi um risco grande de perder audiências? Não creio. Quem elaborou a série sabe muito bem o que fez e joga todos os trunfos sem medos pois é uma aposta ganha.Se acredito que a série irá ter uma segunda temporada? Muito provavelmente.

Até lá, tenho esperança de aqui em casa passar a viver apenas o tipo de 'ssoa que dá a Nuno Markl o seu devido valor. Uma já se converteu. Falta o outro. 

1986.jpg

(imagem tirada algures da internet)

csscissors.jpg


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Magui Ferreira a 23.03.2018 às 21:57

Não vi ainda nenhum episódio, mas gramo o Markl.
(Dassssss, em 1986 já tinha 20 anos!!!!!)
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 23.03.2018 às 23:15

Eu gosto do trabalho dele e tenho pra mim que deve ser boa pessoa. Daquele tipo de gajo com quem não conseguimos ficar chateadas durante muito tempo pois quando fazem merda nunca é intencional é mesmo por distração.

Comentar post



foto do autor




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.