Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O poder relaxante do tricô. Tenha medo. Tenha muito medo.

por Pequeno caso sério, em 15.01.21

Gestrudes e Abílio estão casados há mais de 50 anos.

Já passaram por muitas coisas juntos: fome, guerras, desemprego, doenças e toda a espécie de merdas que podiam ter destruído o casamento. Ainda assim, 50 anos depois, continuam juntos.

Uma das fases mais difíceis que passaram foi durante o primeiro confinamento pois tiveram de lidar um com o outro 24/24 .

Nessa altura, Gestrudes arranjou uma atividade para a ajudar a não explodir com as merdas do Abílio :

7KI3.gif

Ora sucede que o segundo confinamento chegou...mas a paciência de Gestrudes diminuiu bastante desde março. Mesmo assim, decidiu tricotar um cachecol para oferecer ao marido. É ou não é uma fofa? 

20210114_220631.jpg

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

giphy.gif

 

csscissors.jpg

Tags:

O Alasca aqui tão perto

por Pequeno caso sério, em 14.01.21

Zé Esquimó e Maria Esquimó viviam felizes e contentes nos confins do Alasca.  

Para se aquecerem um bocadinho praticavam a arte do karaté Alentejano, vulgo, tufa-tufa. Ora, tanto tufa-tufaram que a Maria Esquimó engravidou. 

 

Passaram-se nove meses.

 

Um dia a Maria Esquimó entra esbaforida no Iglu e diz:

20201115_112305.jpg

 

Moral da história:

Trabalho no Alasca e só me dei conta agora.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Será que se mijasse no parque de estacionamento também saiam cubinhos?

Ou será que saía em forma de estalactite?

 

Em calhando é melhor não experimentar...

 

Mas se não experimento nunca mais sossego.

 

E pelos vistos não sou a única com esta dúvida. 

 

Vão mazé trabalhar!

 

 

csscissors.jpg

Tags:

Então Pequeno caso sério...

por Pequeno caso sério, em 13.01.21

...'qué que tens a 'dzer sobre o facto das escolas não fecharem durante o novo cofinamento?- perguntam vocês com esse ar de quem está mesmo a pedir para levar uma bojarda.

E eu, coração mole, vou mandar.

 

As escolas não vão fechar, não porque o governo não tenha guita para pagar aos pais para ficarem com os miúdos  em casa

 

tenor.gif

 

Também não é porque os putos continuam sem os tão prometidos meios tecnológicos que o governo disse que lhes daria mas não deu

 

giphy-2.gif

 

E também não é porque os paizinhos não querem sequer pensar em ter de desempenhar mais uma vez o papel que acham sempre que percebem a potes

 

giphy.gif

 

E de certeza que também não será porque os professores e auxiliares estão, como toda a gente sabe, imunes ao vírus 

 

giphy-4.gif

 

 

A única e verdadeira razão pela qual as escolas não podem fechar (mas que ninguém diz) é só esta :

 

20210112_214706.jpg

 

Pequeno caso sério a descobrir carecas desde 1973. Prazer.

csscissors.jpg

Tags:

Pare de ressonar! (eu explico como)

por Pequeno caso sério, em 12.01.21

Zé Pedro sofria imenso com a mulher pois esta ressonava. Não era um ronco baixinho, não senhor. Aquilo era coisa para ser ouvida no rés do chão sendo que o casal morava no segundo andar. A mulher apagava de tal maneira para a vida que por muitos toques que Zé Pedro lhe desse para que ela mudasse de posição, nada adiantava, e o desgraçado tinha a sensação de estar deitado ao lado de uma betoneira a fazer cimento. 

20210111_142016.jpg

Zé Pedro passou muitas noites a caminhar a meio da madrugada para o sofá para ver se dormia alguma coisa.

Um dia, fartinho de dormir fora da sua cama, Zé Pedro fez um ultimato à mulher para ir ao médico tentar resolver o problema de vez ou então pedia o divórcio.  

Ela prometeu que ia mas nada. Uma vez era porque estava cansada,outra não tinha tido tempo,outra esquecia-se de marcar consulta...e os dias iam passando.

Zé Pedro pensou então numa estratégia mais definitiva para  mostrar à mulher que estava mesmo incomodado com aquilo na esperança de levá-la a cumprir o que tinha prometido.

Resolveu então fazer uma tatuagem.

E de facto resultou pois Zé Pedro nunca mais ouviu um único ronco:

20210111_142034.jpg

Nem ronco, nem nunca mais precisou de dormir uma única noite no sofá. Como?

Foi a mulher quem pediu o divórcio. 

csscissors.jpg

Tags:

Isto promete...

por Pequeno caso sério, em 11.01.21

-Ah e tal, 2020 foi um ano estranho p'ra caraças! Tudo de mau que podia ter acontecido, aconteceu! Toda a merda estranha que as 'ssoas podiam ter feito, fizeram! 2021 só pode ser melhor! É o ano da esperança! - dizem-me vocês com esse ar de beatas de sacristia que por baixo da saia travada tem ainda umas meias e cinto de ligas que se esqueceu de tirar depois da sessão de dominatrix.

 

E eu, herege do pior, enviada pelo demóine para vos infernizar a vida vestida a rigor com um pijama polar do Snoopy e umas inofensivas pantufas de pelo, sobejamente conhecida pelo meu positivismo, chamo-vos à realidade.

Acham mesmo que 2021 vai ser melhor? Olhem que o ano só levava seis dias e já tinha acontecido isto:

 

20210107_215048.jpg

Mas nem tudo foi mau.

De facto, por cada coisa má que acontece aparecem sempre umas mentes iluminadas que conseguem retirar de lá algo positivo: 

 

20210110_102456.jpg

 

Agora entretenham-se a brincar com Legos e no dia 24 de janeiro vão ver a surpresa que teremos por cá. 

 

#idevotar

csscissors.jpg

Tags:

Portuguese do it better

por Pequeno caso sério, em 08.01.21

Era uma vez uma artista plástica brasileira que decidiu ser controversa (?) e  foder a cabeça ao Bolsonaro e às beatas "problematizar o género e questionar a relação entre natureza e cultura na sociedade ocidental falocêntrica e antropocêntrica".

 

Vai daí o que é que ela fez?

Agarrou-se ao betão e construiu uma pachacha XL uma vulva gigante que apelidou de Diva :

20210107_215754.jpg

Juliana'miga se querias chocar as 'ssoas perguntavas ao Cutileiro 'méquiera que ele ensinava-te na boa.

Construir uma pachacha XL no meio do mato é para betinhas.

Coragem à séria é pôr um pirilau XXL no meio de uma capital europeia : 

20210107_215709.jpg

csscissors.jpg

Tags:

Frio?! Qual frio?

por Pequeno caso sério, em 07.01.21

- Ó Pequeno caso sério, foste ao carro que jaz no estacionamento onde estão -3° buscar a marmita do almoço que te esqueceste de trazer de manhã porque parecias um chouriço com perninhas de tantas camadas de roupa que trazias?

9094e97d25e95c4075c91bb37611a9b1.gif

- Fui. Dota-se buito?

20210106_075110.jpg

 

-  Um bocadinho. 'Tão e agora que já estás cá dentro não achas melhor tirar o cachecol que tens a tapar a boca e o nariz?

 

- Dão. 

 

-'Tão  porquê?

 

- Cá coisas binhas...

 

- Humf não sejas parva, tira lá isso que aqui não está tanto frio como lá fora...estão +2°c. 

 

- Dão tiro sedão vão todas rir-se da binha figura.

 

- Pffff, até parece que isso é novidade...

 

- Olha, sabes que bais?Tens razão! 'Xa cá tirar esta berda: 

20210106_002950.jpg

 

 

 

Reação das colegas de Pequeno caso sério:

Golden-Girls-Hysterical-Laugh-Gif.gif

E pronto. 

Cada um é 'pró que dasce.

csscissors.jpg

Tags:

Cara de poucos amigos (e um feitiozinho de merda, vá)

por Pequeno caso sério, em 06.01.21

Corria o ano de mil nove e setenta e três  numa quente tarde de maio, quando esta que vos escreve veio ao mundo, ainda que muito contrariada  (já previa que isto cá fora fosse uma merda) deixando a patareca de sua mãe num estado lastimável. 

Ora no ano de mil nove e setenta e três, já existiam máquinas fotográficas, vulgo Kodak , coisa que seus pais ainda não possuíam porque os dois rins faziam jeito a ambos os progenitores que precisavam, mais do que nunca, ter uma saúde de ferro que aguentasse as tropelias que esta jóia de moça decidiu fazer desde tenra idade.

Tenho pena. Tenho mesmo muita pena que o momento em que cheguei não tivesse ficado registado para a posteridade...

E porque é que me lembrei disto hoje se não estou nem perto de fazer anos? Porque vi duas fotografias de recém nascidos que podiam perfeitamente ser eu:

20201220_202541.jpg

Agora é rezar para daqui a 40 anos estes dois não se lembrarem de escrever num blog .

csscissors.jpg

Tags:

Teorias da Conspiração

por Pequeno caso sério, em 05.01.21

Eu não costumo dar crédito às teorias da conspiração que por aí circulam relativamente ao Covides  MAS caramba, até uma cética como eu tem de ser render às evidências :

20210104_165246.jpg

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

tenor.gif

 

Depois não digam que não avisei.

csscissors.jpg

Tags:

'Méquié?

por Pequeno caso sério, em 04.01.21

...tá 'tude?

Tá sim senhora! 

'Tá 'tude com uma vontadinha de regressar ao trabalho, com um frio do cacete e com o Covides ao rubro que ninguém se aguenta, não é? É pois.

Bem, quanto ao Covides, não há muito que possamos fazer. É continuar a usar máscara, lavar as manáculas e distância. 

Regresssar ao trabalho, também não há como dar a volta. A menos que vos tenha saído o El Gordo.

Quanto ao frio, aí sempre podem resolver.

Como?

Ora, vestindo mais roupa.

Não dá? Como não dá?

 

Screenshot_20201228-183601_Instagram.jpg

Ah. Já percebi.

Lontras.

csscissors.jpg

Tags:


foto do autor




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.