Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Zona de conforto (post que só as gajas vão entender!)

por Pequeno caso sério, em 12.03.16

Sair da zona de conforto assusta.

Deixar o que nos é familiar é...desconfortável.

Falo de uma nova possibilidade de emprego; de um novo relacionamento; de uma mudança de casa; de confiarmos a alguém algo que nos incomoda ou até mesmo, imagine-se, de um simples corte de cabelo!

Toda a minha vida adulta usei cabelo comprido. Convenci-me (ou convenceram-me) de que me  favorecia. Digamos que ajudou a criar o "boneco" que toda a gente acha que tem uma auto estima do tamanho de Júpiter quando na realidade é do tamanho de uma ervilha !

Ando já há algum tempo a pensar em cortá-lo. Mas cortá-lo à séria! Parece que muita gente mediática  teve a mesma ideia que eu. Foram mais longe, passaram da ideia ao ato e ...tesoura com elas ! Curiosamente , ou talvez não , pertencem todas à minha faixa etária (deve ser alguma espécie de cena hormonal, vulgo pancadão! ) . 

Pode parecer simples (e até fútil) mas um corte de cabelo assim tão radical não é só um corte de cabelo. É toda uma vida (oh dramatismo!) que se deixa para trás.É toda uma "segurança " que de repente desaparece .

"Ah, não sejas parva, é só cabelo! Se não gostares , volta a crescer. " 

Não é bem assim...o meu, demora tanto que devia ser objeto de um rigoroso estudo! Cortá-lo é  sair de uma zona de conforto que demorou muito a conquistar...

E depois há toda uma farta cabeleira composta por três pelos ralos  que deixaria  de esvoaçar ao vento...

 Dúvidas...dúvidas...e mais dúvidas...

 E aí desse lado? Já passaram pela experiência de fazer um corte radical?

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.