Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Telemóveis ...os terços do século XXI

por Pequeno caso sério, em 29.03.16

Tinha um amigo que mexia no telemóvel várias vezes por minuto . Ok, ele usava-o também como relógio mas ainda assim era muito. Lembro-me de o repreender várias vezes por roer as unhas e por mexer nessa geringonça do demo que tanta dependência  criou. Em TODOS nós!

Já cheguei a voltar a casa por me ter esquecido do telemóvel e das vezes que não o fiz, levei o tempo todo com uma  sensação esquisita. 

Pus-me a pensar nisto a sério e, coincidência ou não, apanhei um programa de televisão que abordou o assunto. Concordo em muito com o que lá foi dito.

O telemóvel é o equivalente  ao  terço religioso ou seja as pessoas têm necessidade de ter qualquer coisa de material entre as mãos para se acalmarem...para não se sentirem sozinhos, para sentirem que continuam ligados ao mundo. Mas será que estão mesmo?

Hoje em dia já quase não há porteiras mas também não é preciso. O facebook desempenha muito bem essa função . Sem sair de casa conseguimos saber a vida de toda a gente. 

Também há o instagram onde vemos de tudo : desde o que se comeu, onde fomos,com quem estamos...tudo devidamente filtrado a cor de rosa. Ah que maravilha!

Acontece que a vida não é sempre cor de rosa e tenho para mim que 90% das pessoas que passa a vida a postar coisas seja em que plataforma for, deve ter uma vida bem cinzenta.

Cá em casa somo  três. Eu uso bastante o telemóvel e dificilmente passa um dia sem que a ele recorra. O P. é dos três o menos dependente. E depois temos a adolescente da casa...viver sem telemóvel ?! E isso lá é possível?

Ainda assim há uma regra: à mesa não há telemóvel!

Então o que fazemos à hora das refeições? F-A-L-A-M-O-S! Ainda que na maior parte das vezes a TV esteja ligada em ruído de fundo mas falamos sobre como foi o dia, alguma coisa que nos esteja a aborrecer, alguma notícia que esteja a dar enfim...o que calhar.

É assustador passar por um grupo de adolescentes e vê-los a todos agarrados ao telemóvel. Estão em grupo sim senhor, mas cada um com a sua geringonça do demo. Não se olham nos olhos. Pouco falam. 

Estamos a criar uma geração mecanizada desprovida de vínculos afetivos e que procura respostas para  tudo no mundo virtual .

Sempre quero ver o que vão fazer quando alguém lhes fizer uma pergunta que exija uma resposta imediata e para a quel não possam recorrer à ajuda do telemóvel / internet . Temo bem que a resposta possa ser qualquer coisa deste género :

No found research. Please try again.

 

 

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De abelhinhamaia a 01.04.2016 às 16:43

Eu não sou fã dos telemóveis!! Não me considero fanática!! Telemóvel,para mim,apenas o uso como relógio e também para realizar telefonemas quando é preciso,de resto,não me faz nenhuma falta!!
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 01.04.2016 às 19:20

abelhinhamaia,
reconheço que o telemóvel tem diferentes importâncias para diferentes pessoas.
Obrigada pelo comentário

Comentar post



foto do autor




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.