Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Conversas com gente miúda # 7

por Pequeno caso sério, em 07.05.16

A protagonista tinha três anos quando esta história aconteceu.

Num normalíssimo dia no infantário a Inês pediu à educadora para ir com ela à casa de banho. Eram os primeiros dias e, apesar de desenrascada, a Inês ainda estava muito contida e por isso queria que a educadora lhe fizesse companhia.

A educadora pediu-lhe para esperar um bocadinho que iam já

Na verdade o bocadinho demorou mais que o previsto e a educadora olhou de repente para a Inês e disse muito aflita:

-Ai Inês, desculpa querida!!! Anda lá à casa de banho meu amor.

A Inês olhou para ela e  disse  :

-Agóua ?!?  Agóua já num é pexijo !!! 

(escusado será dizer que a bela da Inês disse isto a rir, com ar de safada, enquanto levantava o bibe e ostentava uma merdalha nas calças!) 

 

 

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


11 comentários

Imagem de perfil

De Corvo a 07.05.2016 às 13:07

Bom dia. Serviu para a educadora aprender um pouco mais.
Às crianças dá-se-lhes sempre a primazia. Têm sempre razão.
Um bom fim-de-semana.
obs: conheci o seu blog pela gentil Gaffe.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 07.05.2016 às 15:55

Coitada da educadora que era uma querida e  que para além da Inês tinha mais 20 crianças na sala. É normalíssimo estas coisas acontecerem. Ela de facto devia pensar que a Inês aguentaria só mais um bocadinho. Na altura fartámo-nos de rir com tudo isto. A Inês deu uma resposta maravilhosa 
Quanto à nossa Gaffe já não tenho palavras para lhe agradecer. Foi muita gentileza da parte dela dar-me a conhecer dado que ainda sou um bebé nestas andanças. 
Imagem de perfil

De saracasticamente a 07.05.2016 às 14:03

Resposta top!!
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 07.05.2016 às 15:56

Esta Inês era cá uma artista! Dentro em breve conto outra aventura igualmente boa 
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 08.05.2016 às 15:15

Foi uma boa resposta e serviu de exemplo para a educadora que devia ter levado imediatamente a menina à casa de banho.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 08.05.2016 às 15:26

A Inês dava sempre umas respostas à altura e por isso decidi partilhar convosco. 
Quanto à educadora, que era um doce , creio que fez sempre o melhor que pôde e marcou muito positivamente as crianças que com ela tiveram o privilégio de estar . A Inês tem hoje 20 anos e ainda fala dela com muito carinho.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 08.05.2016 às 15:55

A Inês tem 20 anos????
Então temos aqui uma mãe super jovem...a ver as estórias que conta!
Parabéns.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 08.05.2016 às 15:59

A Inês não é minha filha. É uma amiga da família que sempre connosco privou. 
A minha filhota tem apenas 13 anos e sim, gosto de pensar que sou uma mãe super jovem (embora haja duas em que o savana do espelho diga o contrário! ) 
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 08.05.2016 às 16:10

Ok. 
Mesmo assim, é uma mãe jovem.
Gosto.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 08.05.2016 às 16:27

Faz parte da minha estratégia :fazer a minha filha acreditar que tem sorte em ter uma mãe "fixe e jovem " para que me continue a ver também como amiga. Até agora, não tem corrido mal 

Comentar post



foto do autor




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.