Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Born to be wild 🎤🎵🎶🎼🎸

por Pequeno caso sério, em 06.06.17

Quando era miúda testei os limites da minha mãe muitas vezes.

Tantas que nem que levássemos aqui o dia inteiro, conseguiria contá - las todas.

Iniciávamos o ritual pelo ralhete.

Quando o ralhete era insuficiente , entrava a mão.

Quando a mão  não  chegava, entrava o chinelo.

E a minha experiência no âmbito da pedagogia forçada variou entre estes dois itens que apareciam ora juntos, ora separados. Uma festa. 

 

Independentemente do item utilizado havia uma frase que eu proferia que fazia a minha mãe passar de uma pacata dona de casa a um Allien cruzado de Pit Bull em dois segundos :

 

NÃO DOEU !

 

Maneiras que hoje quando recebi esta imagem via Facebook deu-me assim uma nostalgia...logo seguida de uma valente gargalhada :

2017-06-04 21.07.48.png

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


30 comentários

Imagem de perfil

De Quarentona a 06.06.2017 às 07:33

O "não doeu" é coisa para me deixar pronta para ser exorcizada, sim!
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 06.06.2017 às 23:30



Ias dar-te bem com a minha mãe!
Sem imagem de perfil

De Célia a 07.06.2017 às 16:51

Ah pois!
Com uma diferença em relação à tua mãe: a quarentona não usa chinelo ou utensilio semelhante como a tua mãe usava...hihihih
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 07.06.2017 às 23:12

Não usa mas vai sempre a tempo de experimentar.
Imagem de perfil

De Happy a 06.06.2017 às 08:01

O não doeu remete logo para cenas de tortura, do género apetece por sal nas feridas, né??
Mas desafiar também fez e faz parte do percurso...
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 06.06.2017 às 23:32


"sal nas feridas"




Aqui deste lado era mais a marca do chinelo, ou a palmada no rabo seguida dessa maravilhosa frase que levava a minha mãe ao desespero!
Sem imagem de perfil

De Rita Domingos a 07.06.2017 às 09:57

Ahaahha...o chinelo das mães é milagroso! O meu aqui em casa tb aquece os rabos de vez em quando!!! lol
Sem imagem de perfil

De Filomena05 a 07.06.2017 às 16:58

Eu também quando levava umas boas palmadas da minha mãe, não resistia por raiva a dizer essa linda frase..."não doeu"...lol
A minha mãe ficava em ponte de rebuçado, e era certinho como o destino: ou tirava o chinelo ou ia busca-lo. Acredita a marca dele era bastante para me arrepender ahahahaahh
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 07.06.2017 às 23:14

O "Lançamento do chinelo" devia ser promovido a modalidade olímpica.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 07.06.2017 às 23:06

Acho que é um denominador comum a muitos lares.
Sem imagem de perfil

De ´ssoa a 06.06.2017 às 09:12

Ahah muito bem. De repente voltei aos meus...15 anos! Obrigada!
Lembro-me tão bem de usar o "piu" entre amiguinhos de escola e para desafiar/provocar a minha mãe. Que estupidez lol. A minha mãe farta de ouvir a palavrinha sem nexo a dada altura nem ligava, sempre foi inteligente, sabia perfeitamente que aqui a ´ssoa estava na idade do armário ou era só uma miúda rebelde com a mania que era crescida. 
É por essas e por outras que eu gosto mais da minha pessoa Hoje, mais calma e amiga da minha Mãe. Mas, faz parte. Bons tempos. Piu.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 06.06.2017 às 23:35

É bom recordar.




Convenhamos que as nossas mães eram umas santas . A porra do "piu" , dita vezes sem conta, era de levar qualquer um ao desespero!
Imagem de perfil

De Moralez a 06.06.2017 às 09:20

Piu e não doeu... funcionava com a mãe já com o pai nem por isso!
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 06.06.2017 às 23:38

Os pais são um campeonato à parte. Era preciso muito mais que isso para os fazer ferver.
Mas era as mães que dava "pica" irritar. 

(Piu!)
 
Sem imagem de perfil

De Anita a 06.06.2017 às 10:40

O meu mais novo muitas vezes quando digo: "não quero ouvir mais um piu", ele arrisca sempre e diz: piu!
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 06.06.2017 às 23:39

Não é para te assustar mas olha que te  arriscas a ter em casa um...pequeno caso sério!



Sem imagem de perfil

De Anita a 07.06.2017 às 09:33

Mesmo... mas já tenho 3 adolescentes!!! Isso é que é dose...
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 07.06.2017 às 23:05

Mau mesmo é que um deles se transforme num adulto que cuspa nas coisas...
Sem imagem de perfil

De Magui Ferreira a 06.06.2017 às 19:42

Juro pelas alminhas do purgatório que com o meu pai nem respirava, quanto mais piar.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 06.06.2017 às 23:43

Os pais tinham outra calma. Talvez por estarem mais "ausentes" . 
Já as mães havia dias que um simples "Piu" as fazia ferver.Se ao "Piu" juntarmos a linguagem dos "p's" e outras parvoíces típicas da época, estavam reunidas as condições para entornar o caldo.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 06.06.2017 às 20:32

Nem me atrevia.
E se dizia " já vou" e não ia, ui!
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 06.06.2017 às 23:45

O meu reportório era vasto:
já vou!
vou já!
estou a ir!
é só acabar isto!
estou só a lavar as mãos ! (não estava nada)
um minuto!
10 segundos!
...






Para castigo, a lista da minha filha é bem mais longa!
Sem imagem de perfil

De Isabelinha a 07.06.2017 às 10:19

Ahahaha...e não metes o chinelo ao serviço para contrariar essa longa lista? hihiihh
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 07.06.2017 às 23:08

Não.
Aqui em casa o travão é outro: sempre que ela começa a ouvir os meus passos apressados em direção ao sitio onde está, mexe-se logo. Funciona sempre.
Sem imagem de perfil

De Isabelinha a 08.06.2017 às 09:43

Ou seja, levas o chinelo mas não precisas de descalçar...ahahahahah
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 08.06.2017 às 22:09

Nada disso, aqui em casa ando sempre descalça.
Quando vou já exaurida dos nerves direita à minha filha, dou uns passos mais apressados e barulhentos.
Imagem de perfil

De Gaffe a 07.06.2017 às 16:32

Eu já disse "PIU" depois da proibição.
Fiquei sem penas. 
Sem imagem de perfil

De Sandra Gomes a 07.06.2017 às 16:43

:) Apanhaste certamente :)
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 07.06.2017 às 23:11



E achas que eu não disse?  Pois.
Convenhamos que a porra do "PIU" é coisinha para rebentar com a paciência de qualquer um. (inventávamos cada coisa mais parva...) 

Comentar post



foto do autor




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.