Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Sophia

por Pequeno caso sério, em 31.10.17

Há dias que circula uma notícia na Internet acerca de um(a) robot a quem foi concedida cidadania num país onde , curiosamente, as mulheres têm muito poucos direitos. Giro pois é? Pois.

Confesso que li a notícia na diagonal e não lhe dei muita importância mas hoje, depois de me cruzar com ela (a notícia entenda-se porque se fosse com a roboa desconfio que me borrava toda) várias vezes, parei e dei-lhe o devido tempo. Em boa hora o fiz. 

Tenho várias coisas a dizer:

 

1- a roboa é assustadoramente humana ;

2- diz que é da paz e do bem mas eu não acredito que isto depois de ver o Trump na presidência dos EUA fez de mim uma (des)crente;

3- não sei o que lhe diria se me cruzasse com ela mas acredito que rir fosse uma das ultimas coisas que teria vontade;

4- chamem-me velho do Restelo mas acho que se abriu um precedente muito grave.  

 

A empresa criadora afirma que o destino destes robôs será apenas serem usados como  acompanhantes de idosos em lares de terceira idade ou como assistentes em parques e eventos.

Pá, não sei se acho boa ideia.

'Tão e se um velho se lembra de achar a Sophia muito jeitosa ,lhe salta para a espinha e a esfrangalha  toda ? 'Tão e depois como é que se sabe de quem é a perna ou a anca, hum?

ou 

'Tão e se os velhos se afeiçoam à roboa e deserdam os familiares que se esquecem deles no lar ? Ah pois é !

 

'Tão mas uma invenção tão espetacular e tu não vês nenhuma utilidade na Sophia, Pequeno caso sério?

 

Pronto...é que tinham de vir com as perguntinhas de merda, né?

 

É claro que vejo uma utilidade para a Sophia ! Experimentem pô-la num balcão de atendimento da Nespresso. Verão que nem dão pela diferença.

 

Brincadeiras à parte, vejam um homem da comédia, habituadíssimo a lidar com bizarrias , ficar com um friozinho na barriga a modos que acagaçado e muuuuuiiiito desconfortável...como se tivesse com medo que a qualquer momento a roboa lhe jogasse as mãos ao "abono de família"... 

 

Não sei se deva festejar o "avanço" , se  temer o que aí virá se isto cair nas mãos erradas...

Daqui a uns anos, falamos sobre isso. Se a Sophia deixar.

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Se a vida te der limões, faz limonada

por Pequeno caso sério, em 30.10.17

Detesto ver as ruas todas escritas com umas merdas que ninguém percebe e uns desenhos que até eu fazia melhor. 

 

Ah mas às vezes os grafitis até ajudam o espaço a ficar melhor- dizem vocês com esse ar xoninhas de quem acha que sabe tudo.

 

Bem se vê que não vivem por aqui .

Como sou uma moça  ' pra lá de espetacular e como tenho fé no poder viral da internet , partilho convosco algo que me chegou via facebook e que ( espero) inspire os cabrões que se entretêm na calada da noite a sujar as paredes da minha cidade.

2017-10-26 19.28.56.png

 

2017-10-26 19.25.31.png

 

2017-10-26 19.25.57.png

 

2017-10-26 19.29.48.png

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Se pensa que já ouviu tudo desengane-se #10

por Pequeno caso sério, em 27.10.17

Avó conversa com a neta sobre as coisas que vê no facebook. 

 

- sinceramente... estas famosas...todas umas porcas...casam com um...andam com outro...põem tudo no facebook...e depois admiram-se...

- pois é avó...levam a vida a pôr selfies...tu sabes o que é uma selfie avó?

- sei claro! Pensas que sou alguma burra não? ...é uma fotografia que a pessoa tira a ela própria!

- e uma nude  avó, sabes o que é uma nude?

- um quê?!

- uma nude avó...

- eu não! Um anão sei, agora um anude  nunca vi !

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Uma anedota por dia, não sabe o bem que lhe fazia #13

por Pequeno caso sério, em 26.10.17

Dois malucos fogem do manicómio.

Foram logo descobertos e os seguranças foram imediatamente atrás deles.

 

Correm ...correm...correm...até que entram num beco sem saída. 

Aflitos, porque os seguranças estavam mesmo perto deles, tiveram uma ideia para conseguir escapar.

 

maluco 1- pá,'tou safo!  Vou enfiar-me dentro deste bidão ,ponho a tampa que eles nunca mais dão comigo.

maluco 2- 'Tão e eu, pá? não há outro bidão...

maluco 1- eh pá...pois não...olha já sei ! Enfia-te aí dentro desse saco do lixo que eles nunca vão desconfiar !

maluco 2- boa ideia!

 

Assim foi.

Um dentro do bidão.

Outro dentro do saco de lixo.

 

Os seguranças percebem que eles entraram no beco sem saída mas , apesar de não os verem, sabem que eles estão lá. O lixo era mais que muito e no meio, o bidão e o saco.

Olham para o bidão.

Olham para o saco.

Os malucos, escondidos e imóveis.

 

Os seguranças tiveram uma ideia para os "apanhar" : agarraram em duas pedras. 

Atiraram  a primeira ao bidão.

O maluco, para não ser descoberto, imita o eco da pedra a bater no bidão e grita:

Bidóing! Bidóing! Bidóing! Bidóing!

 

O outro maluco assiste escondido à cena toda e aguarda a sua pedrada pensando :

"Espera lá que já me apanham...pensam que eu sou parvo, não é?! Já vos lixo !"

 

Os seguranças, ainda mortos de riso, atiram a segunda pedra ao saco.

 

E o que grita o maluco nº 2 ?

 

Sacóing! Sacóing! Sacóing! Sacóing!

 

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tão mau, que se torna bom!

por Pequeno caso sério, em 25.10.17

Vivi sempre rodeada de música .

 

Lembro-me do meu pai me dar secas monumentais  do espectro musical mais louco de todo o sempre:  ia de Demis Roussos passava pelos  Abba e acabava no fadista  Rodrigo, tudo na mesma tarde.

 

A música vinha  de um  aparelho que dava para ouvir rádio mas também as famosas cassetes de cartucho. Não sabem o que são?! Dasss...sabem nada , pá!  Eu mostro:

 

Lá em casa haviam dezenas destas.

Entre elas havia uma praga orelhuda que nunca mais esqueci mas que,confesso,há anos vivia lá no canto mais recôndito da minha memória. 

Até hoje.

 

Ora sucede que ontem, antes das sete da manhã, recebo via facebook uma coisa fenomenal que quero partilhar convosco.

É tão mau , mas tão mau , que se torna bom.

 

Começa pela praga música em si; passa para a  coreografia do demóine capaz de envergonhar os artistas do Cirque du Solei ; arrasta-se para o cantor principal e respetiva indumentária; para as meninas dos coros e por fim, quando pensávamos que a coisa tinha atingido o fundo do poço, eis que até as desgraçadas das pombas usadas no vídeo são agarradas com uma subtileza e um glamour que fariam o representante do PAN ter um enfarte do miocárdio.

 

Confiem em mim e por favor, vejam até ao fim. Garanto-vos que, depois disto,  o dia só vos pode correr bem.

 

 

Sorte a minha que quando vi isto estava sentada no trono. Caso contrário precisava de umas cuecas lavadas.

 

nota - sempre quero ver como vão conseguir passar  o resto do dia  sem cantarolar isto  

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aquilo que realmente interessa

por Pequeno caso sério, em 24.10.17

Diz que há por aí um Juiz que cagou uma sentença do mais merdoso que há.

Diz que o José castelo Branco vai processar a Joana Latino.

Diz que a Floribela 'tá danada.

Diz que o Cristianinho deu um bacalhau ao Messi.

Diz que a Georgina anda toda derretida com os gémeos do Ronaldo.

Diz que o Raminhos ameaçou deixar o facebook.

Diz que a Jolie e as filhas brilharam na red carpet.

Diz que a Primark vai abrir a sua maior loja em Portugal.

 

 

Até pode ser  tudo verdade mas aquilo que realmente interessa é,

 

Fan !

 

 Fan ! 

 

Fan !

 

Fan !

 

 

 

 

o cão do Macron

 

 

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Película aderente

por Pequeno caso sério, em 23.10.17

Peganhenta;

Enervante comámerda;

(In) útil ;

Multifunções;

Inimiga da saúde. 

 

Foi aqui.

Foi neste ponto que foquei a minha atenção na busca de uma alternativa saudável e amiga do ambiente. Descobri um site que comercializa uma coisa semelhante mas em bom , quer para a saúde,  quer para a mãe natureza.

 

'Tão e ficaste feliz com a descoberta,foi?

 

Acham?!

Nã. 

 

O que prendeu a minha atenção foi o nome do site que a comercializa:CONASI.

Eu tentei. Juro que tentei mas até quando faço uma busca inocente a maluqueira vem ter comigo e agora, por mais que tente, só consigo imaginar uma patareca, ou se preferirem uma xaroca  envolta em película aderente...

 

Sorte vossa que no meio disto tudo encontrei uma alma que descobriu o verdadeiro propósito daquele plástico do demóine capaz de provocar um ataque de nerves à  'ssoa mais calma.

2017-07-06 22.22.47.png

Um dia , se eu desapareço das vossas vidas, sempre quero ver como se vão governar.

Ah pois é! 

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Chamem-lhe parva !

por Pequeno caso sério, em 20.10.17

Andava aqui contida  para não falar nisto pois o assunto já enjoa. 'Pá, não dá. É muita alarvidade junta . Até para mim.

 

Começo por dizer que gosto da Madonna enquanto artista dado que fez parte da minha adolescência. Se recuarmos ao início da carreira , ela foi de facto pioneira em muita coisa. 

Hoje em dia compraria um disco dela? Não. E muito menos gastaria o meu rico dinheirinho para ver um concerto onde antevejo muita luz, muito bailado , muita pirotecnia para distrair daquilo que é essencial e que ela (já) não tem : voz !

 

Posto isto quero também dizer que tooooooodooooo o carnaval que se tem gerado à volta da vinda da mulher para cá é , no mínimo, ridículo. Tenho para mim que se a mulher engarrafasse os peidos que dá , tinha ali uma boa fonte de rendimento (fica a dica, Madonna filha. Não precisas de agradecer pois temos de ser umas 'pás outras nas alturas de aperto)

 

Aqui chegados é preciso dizer que a mulher anda com muita dificuldade em comprar casa em Lisboa, tadita , anda fartinha de procurar. 

Parece que finalmente encontrou : A Quinta do Relógio,  fica em Paço de Arcos, Oeiras, encostada à marginal,mesmo em cima do mar. Tem sete quartos, três casas de banho, garagem para quatro carros, uma área bruta de 1600 metros quadrados e um terreno com mais de cinco mil. Nada mal, não senhor MAS ao que parece a coisa não se vai concretizar pois Madonna quer ficar a viver na propriedade durante um ano à borlix até ver o que a coisa dá e , findo esse tempo, logo decide se compra ou não. Em contrapartida , propõe ao dono  financiar as obras de melhoramento da casa.

Como o dono não sabe a quantia que Madonna quer gastar , e temendo que fosse ao AKI comprar todo o material ou pior ainda, chamar a  Bárbara Guimarães e o seu belo programa "E agora, o que é que eu faço?" para remodelar o seu palacete , mandou-a cagar pensar melhor naquilo que quer ou então, apresentar uma proposta séria.

 

 

Sim senhor, um palacete à beira mar...um ano à experiência...e depois logo se vê se compra ou não.

 

'Pá , estou a pensar fazer o mesmo com os senhores da Caixa Geral de Depósitos que me emprestaram guita para  a compra da casa :

" Olhem, pois que fui muito feliz à experiência durante este tempo todo mas afinal descobri que não me adaptei , por isso não compro ...agora agradecia que me devolvessem o meu guito pois a experiência acabou, sim?"

 

Madonna filha, és uma visionária , pá. 

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cocó VIP

por Pequeno caso sério, em 19.10.17

Depois do ambientador elétrico;

depois das velas aromáticas;

depois dos mikados difusores de aroma;

depois do papel higiénico acolchoado e com cheiro;

quando uma 'ssoa achava que já tinham inventado tudo no que ao odor a merda diz respeito, eis que uma alma iluminada criou isto :

E o que é isto? 

Chama-se V.I.Poo e é basicamente um spray que uma 'ssoa mete na mala para quando for largar aquele cocó que teima em sair, não ter de presentear a 'ssoa que entra a seguir com um aroma a cadáver em decomposição .

 

Ora, como não podia deixar de ser, a coisa chamou a minha atenção e  tenho várias observações :

 

1ª - O nome do produto.

V.I.P = very important person 

POO= a piece of solid waste from the body cagalhão para os mortais

V.I.P + Poo = V.I.Poo = cagalhões VIP

Portanto, quer isto dizer que o produto só pode ser usado pelas Lili Caneças desta vida ?

Se sim,acho mal que isto do cagalhão é como os piolhos : não escolhe cus classes e chega a todos. É que eu já tinha em mente algumas 'ssoas lá do meu trabalho a quem poderia oferecer isto mas como não são VIP's fiquei na dúvida...

 

2ª - Modo de emprego 

segundo a marca, a coisa usa-se da seguinte forma : antes de cagar, a 'ssoa pulveriza a água da sanita. Logo a seguir , verte uns bonitos e redondinhos donuts de chocolate  e diz que o cheiro que fica no WC é mais ou menos o de um jardim.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

'Tão e se uma 'ssoa estiver , como direi, com o intestino mais solto, hum? já não pode usar ? Aquilo só funciona com cagalhões hardcore ?

E mesmo sendo uma fábrica de cagalhões hardcore , o que é que acontece se a coisa, como direi, salpicar ? Corremos o risco de fazer bolinhas de sabão se , sem querer, sair aquele peidote enquanto espirramos, tossimos ou até rimos que nem umas perdidas enquanto escrevemos umas merdas que não lembram ao diabo?

 

Pá, se alguém já experimentou isto que me diga como foi pois 'tou a pontos de não dormir com tanta curiosidade.

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Coisas que acontecem cá por casa # 2

por Pequeno caso sério, em 18.10.17

Há milhares um fenómeno que acontece aqui em casa que me deixa exaurida dos nerves.

Falo-vos da recolha da roupa  para lavar.

Para já começo por dizer que a expressão "vou fazer uma máquina de roupa "  é coisa para me arrepiar o pelo do cu mais escondido. 

'Migas, ninguém faz máquinas de roupa. Já se compram feitas. E são caras comámerda, ok?

Esclarecidas que estamos, voltemos ao essencial.

 

Dizia eu que a recolha da roupa  para lavar aqui em casa é sempre uma animação.

 

gaja para gajo-  tens alguma coisa para lavar?

gajo- não... o que tenho para lavar está no cesto.

 

(observo o cesto com meia dúzia de peças cagadas e um cheiro a...roupa suja)

 

Como meia duzia de peças cagadas não justificam pôr a máquina a gastar 3456788993534545646 litros de água, decido continuar na busca:

 

mãe para gajinha- GAJINHA, NÃO TENS MAIS ROUPA PARA LAVAR?

gajinha para mãe- não. 

mãe para gajinha- TENS A CERTEZA?

gajinha para mãe- tenho.

mãe para gajinha- OLHA QUE VOU FECHAR A MÁQUINA...

gajinha para mãe- avança.

mãe para gajinha- 'TOU PARA VER...

 

Ponho a máquina a lavar.

.

.

.

.

.

 

 

A máquina acaba de lavar.

.

.

.

.

.

 

 

Estendo a roupa.

.

.

.

.

.

 

 

Volto aos meus afazeres.

.

.

.

.

.

 

 

 

Imaginem lá o que é que acontece,

10 minutos depois quando volto ao cesto da roupa...?

 

Um dia , ainda mato estes dois.

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/3



foto do autor




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.