Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Madonna e o gelado de ...carvão

por Pequeno caso sério, em 31.05.17

A grande maioria das ‘ssoas já ouviu falar dos comprimidos de carvão. Servem, entre outras coisas, para pôr a gasaria toda na rua. Diz quem sabe que não tem contra indicações e por isso mesmo, é transformar os dias cinzentos num alegre festival parecido com o final de ano na ilha da Madeira, sem dó nem piedade. Não tem o mesmo colorido, é certo, mas barulho é o que não vai faltar.

 

Sei destas coisas todas porque houve uma altura da minha vida – a que chamo o período gasofónico- que achei que a pança que ostentava era fruto da acumulação de gasaria. Vai daí foi um enfardar de Aero-Om que foi um ver se ‘tavias. Como a coisa não surtiu muito efeito, achei que uma coisa mais natural fosse mais eficaz. Foi aí que travei amizade com os comprimidos de carvão embora, um mês mais tarde descobrisse que faziam exactamente a mesma coisa que os anteriores, ou seja, ao início, sim senhor, mas depois, nada.

Maneiras que, desde então, a minha relação com o carvão se tem mantido ao nível do champô que vejo lá no hipermercado e ao nível dos grelhadores de peixe onde vou quase todos os fins de semana.

Até hoje.

E até hoje porquê? Porque hoje-através da minha rica filha-descobri que o carvão para além de nos fazer peidar à grande e à francesa, também serve para fazer a coisa mais incrível que se podia imaginar: um gelado! Leram muito bem, um gelado de carvão. Não é uma maravilha? É sim senhor!

Agora dizei-me cá: é só da minha cabeça doente ou vocês também acham que estes gelados fazem lembrar um cagalhão armado em árvore de Natal ?

 

 

Pois. Logo vi.

 

Dizem os entendidos que o referido gelado (que até sabe a baunilha) tem vários benefícios para a saúde  que vão desde a desintoxicação da pele; atenua o mau hálito e o odor corporal  e alivia os problemas digestivos.

Pode até ser verdade mas a mim ninguém  apanha a comer isto à colher.

 

Foi por isto, minha gente. 

Foi por isto que a Madonna quis vir morar para cá e tem demorado tanto para encontar a casa ideal. O que ela quer é morar por cima de uma loja de iogurte gelado. Ficou maluuuuuca com o gelado de carvão.

Foi ou não foi Madonna?

 

Ah...lá estás tu com esse  feitiozinho de merda !

Não queres admitir que ficaste maluca com o gelado?! 'Tão olha, tu é que perdes! 

Volta lá para os States que agora toda a gente já sabe de onde vem o espetáculo de pirotecnia que usas nos teus concertos.

Porca, pá!

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

O marido...do outro.

por Pequeno caso sério, em 30.05.17

Anda meio mundo aparvalhado com a última fotografia das ”esposas” dos todo-poderosos.

 

 

Não entendo porquê.

O homem é casado. Com um homem. É público. Sempre foi.

O marido está ali porque é representante de um país que o escolheu para desempenhar essas funções, independentemente da sua orientação sexual. Portanto, honestamente, não vejo onde está o desconforto. Nunca ouviram dizer que

Quem dá o que tem a mais não é obrigado?

Que havia o primeiro ministro do Luxemburgo fazer? Fingir que era solteiro?

 

Para mim estranho seria que o primeiro-cavalheiro aparecesse na foto de saia travada e saltos altos ou, na loucura, vá, de calças de ganga e galochas. Isso sim, é vergonhoso.

O senhor Gauthier Destenay provou ter mais nível que muito “macho” que por aí anda. Provou ainda  que carrega entre as pernas uma coisa que deve causar alguma inveja aos másculos que lhe apontam  o dedo e se “esquecem” de referir o seu nome na legenda da foto: um senhor  par de tomates!

A mim nada disto me faz confusão.

Preocupa-me bastante mais que dois (três) loucos governem o mundo e que um deles passe o tempo a fazer testes (?)com coisas  que um dia podem pôr fim a isto tudo. Em segundos. Mas isto sou só eu a falar que devo ter as prioridades invertidas.

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Crocs

por Pequeno caso sério, em 29.05.17

O tempo está a aquecer e como tal está quase na altura de começarmos a ser brindados com a moda mais foleira de todos os tempos : os Crocs .

 

O Croc é basicamente um chinelo feito de um material parecido com a esferovite, leve e cheio de buracos e que tem a particularidade de conseguir transformar um qualquer pé de pincesa/príncipe num pé de um Ogre. Se usado com meias por baixo atinge o auge da ...parolice.

Temos ainda o  bónus de uma  imensa paleta de cores que só pioram a coisa.

 

 

Podem dizer - me que são muito práticos, versáteis e que dão um ar divertido a quem os usa. Podem. Mas eu vou continuar a achar que a menos que tenham três anos e calcem o 23/24 , aquela merda não fica bem a ninguém. 

 

Também podem invocar a questão de serem higiénicos dado que a quantidade de buracos que aquilo tem inviabiliza qualquer hipótese de cheirar a chulé . Podem. Mas eu duvido que isso seja verdade. 

 

Podem até rematar a coisa com a questão da proteção da exposição solar dos pés, essa zona tão esquecida. Podem. Mas não deviam porque quanto a factos, não há argumentos e por mais palavras que usasse jamais conseguiria superar isto : 

 

2017-05-28 11.27.25.png

 ' ssoas da minha alma

se usam Crocs por favor adotem antes as Havaianas ou , na loucura, as Paez ,vá .

A humanidade agradece. 

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Einstein é que tinha razão

por Pequeno caso sério, em 26.05.17

O Tuga é  insatisfeito por natureza. Nunca nada está totalmente bem. Está sempre tudo "mais ou menos" ou "andando devagarinho".

 

Se faz frio , são as merdas dos casacos que fazem uma 'ssoa arraçada de chouriça;

Se chove , é a merda do guarda chuva que se vira do avesso com qualquer aragem;

Se vem a primavera, são os polens mais o caraças das alergias;

Se vem o calor, é uma merda que deixa uma 'ssoa transpirada e empapada;

Se cortam nos dias de férias, cabrões, mais à puta que os pariu!

Se dão tolerância de ponto, se esta merda tem algum jeito... Parar o país só porque cá vem o Papa;

Se quem governa faz merda, chulos dum cabrão que só sabem roubar!

Se há eleições, espera aí que já deixo de ir à praia para ir votar...'tão não?!

 

E podíamos ficar nisto o dia todo que provavelmente a lista acabaria com a maravilhosa sentença ,

 

É por isto que este país não vai para a frente!

 

 

Era, não era? Pois.

Acontece que não é por nada disto que o nosso país não vai para a frente. 

A verdadeira razão, aquela de que ninguém fala e também grande causadora de nunca termos sido brindados com uma visita extraterrestre, pode muito bem ser esta:

2017-05-25 18.56.57.png

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

O comando é meu !

por Pequeno caso sério, em 25.05.17

Vamos falar hoje de mais um grande flagelo da humanidade : o comando da televisão.

Não vou falar da disputa entre os membros do casal pela posse deste objeto do demóine que já originou o caos em tantos lares por este mundo fora. Não acreditam? Fiquem sabendo que sou testemunha de um lar onde a disputa pelo referido objeto originou tanta celeuma que , a bem da paz , passaram a ter duas televisões na mesma  sala.

Ela, via a(s) novela(s) enquanto tecia comentários às protagonistas "Ah, puta! És má comáscobras! Havias de ir presa, meu grande coirão!"

Ele dormia com a cabeça para trás e a boca aberta e só acordava quando alguém marcava golo ,via o futebol . Uma animação.

 

Sobre  aquele objeto preto que foi das melhores /piores invenções de todos os tempos há várias questões  que me intrigam:

 

-cai centenas de vezes ao chão, parte-se , leva mais umas marretadas, e funciona (quem nunca deu uma mocada no comando da TV, que se acuse). 

 

-os botões deviam ser objeto de estudo no que diz respeito à resistência. A fúria e rapidez com que uma 'ssoa muda de canal só numa noite , era coisa para avariar aquilo. Mas não. 

 

-a quantidade de botões que aquela merda tem e que ninguém sabe para que servem. Números, setas, sinais , letras, cores...há de tudo.

Já sei  que estão a pensar que basta ler o que está escrito por baixo dos botões para perceber para que servem. E eu pergunto:

que caralho vão os velhos fazer com umas merdas escritas em inglês?

Pois.

Já estou mesmo a ver a vizinha Odete a carregar no botão que diz "info" e saber que para sair de lá tem de carregar no "exit". Ou então a dona Cremilde a carregar no botão "tools" quando só queria levantar o som. Ou o vizinho Horácio que carrega sem querer no botão do teletexto e, para tentar remediar a coisa e sair dali, carrega nos botões todos de seguida. 

Ah pois é! Nisto ninguém pensa, não é?!

 

Pensei eu, minha gente, pensei eu :

2017-05-24 22.14.04.png

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ah e tal...

por Pequeno caso sério, em 24.05.17

...a menopausa é muito chata ! 

Temos de nos encharcar de hormonas de substituição; são os calores; é o humor de cão; é a pele que fica uma cagada em três atos;é o cabelo que fica ralo e cai; é o descontrolo emocional...tudo uma valente merda !

 

Ainda bem.

Ainda bem que quem ainda tem o período não sabe o que é passar por nada disso:

2017-05-23 22.47.44.png

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

AI FAI ? Não temos. Aqui só há bitoques.

por Pequeno caso sério, em 23.05.17

É frequente estarmos num restaurante ou num café e ver as 'ssoas à procura de alguma coisa.

Não. Não  estão à procura do empregado de mesa para pedir o que querem comer . O que as 'ssoas  andam à procura  é da senha de wi-fi para logo a seguir, aí sim, pedirem o morfes.

Era frequente ver-se as pessoas a conversarem umas com as outras enquanto esperavam pela refeição ou até durante  a mesma . Agora não. Agora o que é comum é cada membro do casal -ou da família- estar agarrado ao seu gadget e, se possível for, até mandam mensagens uns para os outros. Uma tristeza.

A culpa disto tudo é dos donos dos  estabelecimentos que já nos habituaram ao papelinho colado na parede com a porra da senha wi-fi pois, caso não a tenham, arriscam-se a perder clientes. Digamos que ter internet no estabelecimento é chamariz para casa cheia . A comida pode ser uma merda mas se a internet for à borla, enche de certeza.

 

Ora, ainda assim , descobri um corajoso que não tem medo dessas coisas e avisa logo os clientes ao que vão, que é o mesmo que dizer queres comer aqui muito bem, mas não há cá pão para malucos .

 

2017-05-22 01.33.11.png

 

Não sei o que lamento mais: se o facto de o dono deste estabelecimento não ter ido às aulas de inglês, se a brilhante carreira humorística que deixou passar ao lado.

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

O drama, a tragédia, o horror !

por Pequeno caso sério, em 22.05.17

Estava num café quando olhei  para o cartaz da Olá deste verão. Parece que os senhores da Olá se tornaram adeptos da teoria menos é mais.

Aproximei-me para ter a certeza que estava a ver bem.

Uma pergunta assolou a minha mente:

Onde caralho é que meteram o meu Fizz limão?????????

 

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Forever Young

por Pequeno caso sério, em 19.05.17

Hoje faço 44 anos.

Não vou para nova , é certo, mas acredito que muito ainda está para vir.

Não tenho tudo o que quero mas tenho tudo o que preciso .

Vivo rodeada de quem mais gosto embora nem sempre com todos ao mesmo tempo.

Já só faço aquilo que gosto e gosto daquilo que faço.

Sou naturalmente bem disposta e tenho uma personalidade forte (que é o mesmo que dizer um feitio dum cabrão) como podem constatar neste tesourinho deprimente onde, para além de um maravilhoso enquadramento, os meus pais acalentavam a esperança que eu fizesse o que eles pediam e que era, tão somente, tirar a porra de uma fotografia com um ar decente. Como podem observar, a coisa não  correu bem .

 

2017-05-12 17.47.00.jpg

 

Sempre me lembro de ser assim ao longo de toda a vida  e procuro instintivamente parceiros que me acompanhem, quer no grau de insanidade, quer na verticalidade .

 

Hoje à noite estarei com o meu grupo de amigas de sempre para celebrar mais este aniversário. Uma jantarada pautada pelo disparate ao mais alto nível  decoro e pela decência . Uma tradição que se repete quatro/cinco vezes por ano e que pretendo manter até irmos todas para um lar de idosos, do qual seremos expulsas por mau comportamento  convidadas a sair. 

 

Seria injusto deixar-vos de fora desta comemoração dado que também passaram a fazer parte dos meus dias / noites.

Gostava de ver à volta desta mesa virtual a sô dona Filipa (traz a Isa); a minha Gaffe (arrasta a MJ) ; a minha blogoalmagemea ; a quarentona mais louca do pedaço; a Maria de todas as palavras; a minha sobrinha virtual; a Gata (traz o marido); a minha vizinha ; o João (que tira umas fotos mesmo em bom) e todos  que costumam visitar e dinamizar este antro de maluqueira . 

 

Venham  que a festa  é vossa e o bolo chega para todos. Prometo que o parto com toda a delicadeza do mundo (fiz um Workshop de 456 horas)

 

E como isto não é só vir aqui comer e beber, pelo que de mim vão conhecendo, que presente me dariam e porquê. (sempre quero ver quem é o mais certeiro e original) 

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Então Pequeno caso sério...

por Pequeno caso sério, em 18.05.17

...como ficou aquele bolinho super fácil , que não tinha como errar e que toda a gente consegue fazer, mesmo sem Bimby ?

Ah , pois...

E aquela receita nova tirada da net com um nome todo paneleiro pomposo? (fofinho de peixe em cama de legumes) Ficou bom?

 

 

Claro que ficou bom! Que merda de pergunta é essa?

 

Com todo este talento para a culinária estou a pensar seriamente fazer disto carreira. O que me dizem?

Não?!

Bem, nesse caso , vemo-nos amanhã . Apareçam para a festa, tragam boa disposição que o bolo faço ofereço eu .

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/3



foto do autor




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.