Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Não havia nexexidadeeee #2

por Pequeno caso sério, em 29.02.16

Oscares.

Noite em que os olhos do mundo estão postos nos vestidos das mulheres  filmes nomeados.

Andie MacDowell. 57 anos. Para além de ser objeto de estudo em matéria de não envelhecimento , já cá anda há tempo suficiente para perceber um bocadinho disto. Nitidamente, não percebe...

 Vamos por partes:

cabelo: já não vê bem e só por isso saiu assim à rua mau , muito mau!!

vestido: ou bucaco , ou racha...as duas coisas é que não...

sapatos: seriam bonitos para alguém que tivesse uns dedos dos pés dignos de espreitarem...o que não é o caso! Sou só eu , ou não dá para tirar os olhos daquele dedo do pé virado para Espanha?!?

E pronto era isto!

 

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Janelas

por Pequeno caso sério, em 26.02.16

Gosto de janelas.

Não sei bem porquê mas gosto. Talvez pela possibilidade de que ao abri-las possa encontrar algo de novo/diferente. Isto se estivermos no lado de dentro de uma .

Quando estamos do lado de fora a conversa é outra! 

Podemos dar largas à imaginação e tentar adivinhar o que lá vai dentro.

Se for uma janela florida é sinónimo de cuidado e felicidade.

Se não tiver cortinas é sinónimo de que não há nada a esconder e lá dentro vive alguém descomplexado e despreocupado.

Se estiver entreaberta pode significar que lá dentro vive alguém tímido e receoso.

Ou então não é nada disto e sou só eu a divagar!

Curiosamente em  todas as viagens que fiz  fotografei sempre uma ou outra janela.

Há um tempo (tanto que parece ter sido noutra vida...) recebi uma imagem de uma janela muito bem conseguida.

Mostrava-me a visão perfeita  de uma janela ...tanto do lado de dentro como do lado de fora.

Por dentro uma  arquitetura simples,básica e funcional ,como de resto deveria ser a nossa vida.

Por fora um verde...tão verde ...que quase se consegue sentir o cheiro da terra e da saudade do que não se teve ...

Há janelas que não devemos abrir...e há janelas que devemos escancarar.

Há outras que precisamos fechar mas que teimosamente se mantêm abertas...como se estivessem encravadas ...ressequidas pelo tempo que não deixa que se fechem.

Resta-nos saber viver com essas janelas entreabertas e fugir das correntes de ar.

janela.jpg

 

 

 

 

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quando achares que o teu cabelo está num dia mau...

por Pequeno caso sério, em 25.02.16

  ...pensa melhor!!!

 

 

 

 

 

 

 

 

    

 

 

 

 

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cortem-me os pulsos!!!!!!!!!!!!!!!!

por Pequeno caso sério, em 24.02.16

Ontem li isto e não queria acreditar ...mas tenho uma sugestão para os cabrões ginecologistas que escreveram este artigo...aliás, tenho VÁRIAS...todas elas extremamente dolorosas...mas sempre respeitosas das tradições culturais!!!!

 

 

 

 

"Excisões "minimalistas", que permitam respeitar as tradições culturais sem pôr em perigo a saúde das mulheres, devem ser toleradas. É o que defende um artigo assinado por dois ginecologistas norte-americanos e que está a causar polémica entre os especialistas.
créditos: AFP

"Não defendemos que as intervenções sobre os órgãos genitais de mulheres são desejáveis, mas sim que certas intervenções devem ser toleradas pelas sociedades ocidentais", escrevem os dois autores numa revista especializada, o Jornal de Ética Médica. Em vez de falar sobre mutilação genital, os dois médicos ginecologistas recomendam o uso do termo "alteração genital" para descrever os diferentes métodos de excisão e os riscos que lhes estão associados.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), organização que lançou uma campanha contra esta prática, cerca de 200 milhões de mulheres foram vítimas de excisão no mundo, principalmente na África e no Médio Oriente.

 

O procedimento envolve a remoção parcial ou total da genitália externa feminina (clitóris, lábios grandes e pequenos) e é realizada em crianças, às vezes muito jovens, e em adolescentes por razões culturais, religiosas ou sociais. A prática pode levar à morte.

Leia também: Países onde se pratica Mutilação Genital Feminina

Para os médicos Shah Kavita Arora e Allan J. Jacobs, ambos de Cleveland, nos Estados Unidos, há dois tipos de excisão que podem ser tolerados: as que não têm efeito duradouro sobre a aparência ou o funcionamento dos órgãos genitais e aquelas que mudam "ligeiramente" a sua aparência, sem ter um efeito duradouro sobre a capacidade reprodutiva ou satisfação sexual das mulheres.

Os dois autores comparam essas intervenções à circuncisão masculina, que é aceite e legal no mundo ocidental. No mesmo artigo, os dois médicos defendem que todas as excisões que perturbem a sexualidade e o curso da gravidez ou do parto devem ser proibidas.

Esta opinião despertou fortes reações, nomeadamente na comunidade médica.

Para Ruth Mackin, médica na Escola de Medicina Albert Einstein de Nova York, "uma tradição cultural destinada a controlar as mulheres, mesmo da forma menos nociva, deve ser abandonada".

Brian D. Earp, investigador norte-americano especialista em bioética, teme, por seu lado, que a autorização de excisões "mínimas" seja um "fiasco", multiplicando os problemas legais, regulamentares, médicos e sexuais.

Este cientista defende também uma "atitude menos tolerante" diante da circuncisão, sublinhando que as crianças dos dois sexos "não devem ter seus órgãos sexuais alterados ou retirados antes que possam compreender e autorizar este tipo de intervenção".

Arianne Shahvisi, da universidade britânica de Sussex, estima que uma abordagem minimalista teria poucas chances de culminar no objetivo desejado por estas mutilações, "que é controlar o apetite sexual das mulheres".

 

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Banda Sonora

por Pequeno caso sério, em 23.02.16

Há vários fatores que nos podem "prender" a uma série de televisão, a um filme ou até mesmo a um blog.

A mim prendem-me pelos dois sentidos mais evidentes: visão e audição (principalmente a audição!).

Recordo-me que na altura que saiu o filme As 50 sombras de Grey  andava tudo doido com o ator enredo . Por mim o filme vale pela banda sonora que é assim qualquer coisa digna de ser ouvida!

Agora que penso nisso percebo que sempre fui assim ...de me deixar prender pela música que envolve tudo o que vejo.

Com esta série de televisão que descobri "The night shift" ( dá na SIC por volta da uma da manhã) não foi exceção. A história assemelha-se muito à "Grey's Anatomy" ou seja, é passada num hospital e gira em torno dos médicos, enfermeiros e doentes que por lá vão passando. 

Então qual é a novidade? Porque é que devoro todos os episódios?

Porque as músicas que acompanham cada noite deste hospital são para lá de espetaculares!

Vejam a série e deixem-se envolver pela banda sonora...acreditem, vai valer a pena!

 

Aqui fica um "cheirinho" do que por lá podem encontrar:

 

 

 

 

 

 

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

É assim que me sinto...

por Pequeno caso sério, em 22.02.16

...quando passo o dia a ver fotos de comidas e outras gordices que não posso tocar PORQUE PASSO O DIA DEITADA/ SENTADAAAAAAAAAA

 

Scooby Doo Licking Lips

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Não havia nexexidadeeeee #1

por Pequeno caso sério, em 19.02.16

Tom Cruise.

Havia tanto para dizer...mas perdi a vontade... a não ser que deves ter batido com a cabeça no penico...na sanita...ou em outro sítio qualquer onde abunde muita merda.

 

 

 Nos BAFTA em 2015 e, agora, um ano depois

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tempo

por Pequeno caso sério, em 18.02.16

Passamos a vida a dizer que não temos tempo ...

Corremos de um lado para o outro como se as 24 horas do dia nunca chegassem para tanto que temos de fazer e tantos sítios onde temos de estar, chegando mesmo a acreditar que somos insubstituíveis...

Que parvoíce!! NINGUÉM é insubstituível... e mesmo quando se nos morre alguém/algo o tempo, (esse mesmo!), acaba por colocar as coisas no seu devido lugar e redefinir as nossas prioridades.

Por estes dias a vida pregou-me uma partidinha de mau gosto e obrigou-me a parar e  a ter tempo de sobra!!!. 

Pasme-se!

O mundo não parou; os meus continuaram a fazer tudo o que faziam antes acrescidos da parte que  me competia;os que de mim dependiam continuaram o seu percurso com outros "atores" e eu...bem...eu voltei a ter uma coisa que verdadeiramente já não tinha há muito:TEMPO.

Tenho recebido vários telefonemas e mensagens de pessoas que genuinamente se interessam por mim e que genuinamente tiraram do seu tempo, um bocadinho para falar comigo. É nestas alturas que reconhecemos os nossos verdadeiros amigos!

Houve alguém que disse que se a vida nos der limões para fazermos limonada.

É isso que tenho feito: aproveitar este tempo extra que a vida me obrigou a ter embora com um pé ligado e  duas muletas!!!  para fazer coisas que já nem me lembrava de que gostava !!!

Vá-se lá perceber as ironias desta vida...

 

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.