Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sócias...como é que eu não vi isto antes?!

por Pequeno caso sério, em 30.09.16

Não vi, porque este maravilhoso anúncio passa na TV durante os intervalos  dos programas da manhã , claro está.

 

E quem é o público alvo dos programas da manhã perguntam vocês?

 

'Atão são as 'ssoas que a essa hora estão em casa ou porque já trabalharam tudo o que tinham que trabalhar (reformados)  ou porque não têm como sair de casa (doentes) ou porque de repente são obrigados a estar em casa (desempregados).

Portanto , tudo malta que na hora do intervalo, antes de pôr a sopa ao lume, já está prontinha para mandar umas valentes berlaitadas  e que se vê na iminência de não poder consumar o acto porque o motor de arranque não pega!

 

"Então e como é que deste com isto?"- perguntam vocês com o ar de xoninhas que vos é característico.

 

Um acaso feliz do universo fez com que esbarrasse  nesta  pérola no you tube.

Tão mau , mas tão mau que dá dó  que se torna bom.

 

Não sei o que é pior: se o elenco, se o guarda roupa, se os monólogos. Atentai na métrica e no teor profundo da mensagem:

 

-'Bamos borrachinho?!

-Ai bandido!!! Não, Não Não!

-Sócias (um putedo sr. Alfredo!), vamos?

-Ó borrachinho, o Paulinho sabe muito disto!

-Até cheira a borracha queimada ! 

 

Ai que me mijo toda senhores! Tragam-me um penico!

 

E quando pensamos que a coisa não pode ficar pior , eis que o vídeo termina com a seguinte frase:

Testado e aprovado por Paulo Futre.

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

conversas com gente miúda # 11

por Pequeno caso sério, em 29.09.16

Conta uma amiga minha que tem uma prima cujo filho é um desenrascadão. Sempre foi dado a frases certeiras mas na altura do divórcio dos pais, estava refinadíssimo. 

Mãe (e filho)  fizeram uma visita  formal e obrigatória à advogada (que calculo  tenha sido uma grande estucha para o miúdo).

Conversaram sobre aspetos práticos do divórcio  e quando a advogada encerra a conversa, eis que o miúdo tem esta saída :

 

advogada- Pronto "João" , já acabámos. Então adeus! 

João-  Então adeus  e três peidos meus!

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Metrossexual: homem que se cuida ou...?

por Pequeno caso sério, em 28.09.16

Antes de começarmos há que esclarecer uma coisa :

tal como com todas  as parvoeiras que aqui já debitei , hoje  não é minha intenção ferir susceptibilidades de ninguém. Não há certos nem errados. Cada um é como é e eu vivo bem com isso. Ainda assim tenho opinião  e o que a seguir se passa é só isso mesmo: a minha opinião que , a propósito, vale o mesmo que o peido de uma puta.

Posto isto, avancemos.

 

 

Penso que para chamar a atenção de uma mulher  não é preciso muito:

um homem lavadinho, de cabelinho cortado , barbinha feita , cheirosinho q.b. e 'tá feito.

 

Dizem as moças de hoje que querem gozar a vida. Tenho cá para mim que não é nada disso. 

O que verdadeiramente se passa é que elas estão à rasca para arranjar um gajo que não seja metrossexual ou então rabeta.

 

Vamos por partes. 

 

O rabeta merece toda a minha consideração  porque não engana ninguém. Vive  a vidinha dele assumindo sem preconceito nenhum aquilo que é e , provavelmente,  precisou de um gigante par de bolas para o fazer. Tudo certo. A esses, as moças escolhem-nos para BFF's e vão juntos a tudo o que podem. Até à VFNO. 

Depois temos os outros :os metrossexuais.

Só a palavra confunde. Analisando-a friamente podia tratar-se de um metro (meio de transporte)  onde lá dentro seja sempre hora de ponta. Com tudo nu.

 

Ora parece que afinal o metrossexual é ,apenas e só, um gajo que se depila (sobrolhos incluídos); que exibe um cabelo milimetricamente arranjado ; que gasta rios de dinheiro em perfumes e cremes ;que vai ao ginásio com roupa a fazer pendant com os ténis ; que usa as calças apertadas na zona da tomatada com uma dobrinha na zona do tornozelo e um sapatinho sem meias. Cereja no topo do bolo? A pochete.

Também pode ser tudo o que já disse acima mas envergando um fato feito à medida e um bigodinho da moda com as pontinhas reviradas. Mas estes pertencem a outra categoria: os modern dandy.

Seja o primeiro exemplo, seja o segundo, uma coisa é certa : qualquer metrossexual leva mais tempo a despachar-se que uma mulher. E as mulheres não gostam disso. Podem até achar graça ao início mas logo logo as coisas vão azedar. Basta que percebam que a bancada da casa de banho é mais dele que sua.

Posto isto, moças  casadoiras do meu Portugal, têm duas opções:

Se encontrarem um gajo que se cuide q.b. mas sem paneleirices exageros, agarrem-no com unhas e dentes e sejam felizes.

Se não encontrarem o espécime acima descrito , lamento, mas o que vos espera é isto:

 

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Se pensa que já ouviu tudo,desengane-se #2

por Pequeno caso sério, em 27.09.16

"círculo vicioso"  - é quando um grupo de janados se agrupa em forma de círculo e chutam todos ao mesmo tempo.

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Adivinhem quem veio para jantar ?

por Pequeno caso sério, em 26.09.16

Sabemos como pode ser complicado  quando se tem uma visita que não esperávamos  mas que apareceu perto da hora do jantar.

Como sou uma 'ssoa que gosta de partilhar, aqui fica uma dica  que vai pôr a visita indesejada  inesperada na alheta num instante. Peçam  - lhe apenas  para cortar o pão .

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Vai uma aposta...

por Pequeno caso sério, em 24.09.16

...que o Dragon Ball vai superar a caça aos Pokemons?

 

Vão por mim...os chenêses aos poucos vão endrominando isto tudo.

 

Fugem.........fugem  que eles andem aí !

 

 

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Não sei como dão com isto...

por Pequeno caso sério, em 23.09.16

...mas a verdade é que tudo o que é maluco vem cá parar.

Olhem só este:

 

2016-09-20 22.36.55.png

 

Nada a fazer. Cada um é para o que nasce!

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

'ssoas, mudei a casa

por Pequeno caso sério, em 22.09.16

Era uma vez um canto, decorado de forma simples e humilde, com desabafos e parvoeiras de uma 'ssoa confinada a um sofá .

Aos poucos o canto foi recebendo visitas e tornou-se num espaço de ramboia e galhofa.

No meio dessas visitas houve uma  'ssoa especial que teve a generosidade de redecorar este espaço. A custo zero. Repito. A custo zero. 

Criou uma primeira versão que , a meu ver, ficava (infelizmente para mim) a anos luz das merdas que escrevo , tal era a genialidade da coisa.

Propus-lhe outro caminho. 

Apesar das (suas) dúvidas nunca hesitei um segundo que , a remodelar este canto, teria de ser essa 'ssoa a fazê-lo.

Nasceu hoje , pouco depois da meia noite, a nova imagem deste antro de maluqueira.

Além do extremo bom gosto , conseguiu adivinhar-me na perfeição sem nunca me ter visto.

Nunca, repito, nunca poderei agradecer o suficiente a essa monstra das palavras , sô dona Gaffe .

 

Esta 'ssoa que vos escreve já não está confinada ao sofá.

A casa mudou para infinitamente melhor.

A  pouca qualidade do que aqui debito mantém-se.

Apareçam sempre que quiserem. 

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Belinha ...essa força da natureza

por Pequeno caso sério, em 21.09.16

Na senda de dissertar sobre assuntos sobre os quais a vossa vida não faria sentido, apetece-me falar hoje  de sua alteza  Belinha muito por conta de uma “notícia” que vi na página do Sapo.

A porra da velha faz 90 anos e está aí para as curvas. Não sei bem como dada a vida de privações que tem tido, coitada.

É muito ano a passar os corredores do palácio a pano de joelhos e, parecendo que não, aquilo é coisa para deixar uma  ‘ssoa carregadinha de artroses. Diz que cavalgar também é coisa que dá cabo  da coluna mas o raio da velha adora. E caçar. A velha adora mandar uns tiros. Fica maluca quando vê uma perdiz a correr  mas ouvi dizer que as perdizes quando veem o raio da velha vir de galochas e de lenço atado por baixo do queixo também  fogem a sete pés.

 

Ora de todas as coisas intrigantes sobre Belinha, há duas que me mexem  particularmente c’os  nerves : as cores dos modelitos que exibe e os penicos que ostenta na mona.

Tenho para mim que desde o verde vómito , passando pelo  amarelo tifóide e os neons /goma , a Belinha já usou de tudo um pouco.  Ainda não percebi se é ousada, se cega , o raio da velha. Pergunto-me: como é possível haver gente que é paga para criar tamanhas aberrações?! Como é que ninguém tem tomates para avisar a Belinha da figura que está a fazer?

Pior que os vestidos só mesmo os penicos que usa na cabeça. É que já não basta a roupa ser de gosto muito duvidoso para acrescentar um penico a condizer. Muitas vezes da mesma cor. Nunca a expressão cereja no topo do bolo fez tanto sentido.

Belinha filha, talvez ninguém te tenha dito mas a função dos penicos não é adornar a cabeça. A função do penico é guardar aquilo que o intestino não quer. Por isso filha, vê lá se antes de sair à rua, te olhas ao espelho , pensas duas vezes e achas mesmo se estás em condições para o fazer. Mesmo que te digam que estás linda, desconfia sempre, que a criadagem é paga para te agradar.

Se tiveres dúvidas dá-me uma apitadela que eu digo-te logo se podes sair à rua ou ir diretamente para o desfile de matrafonas no carnaval de Torres Vedras. 

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Comigo é tudo à antiga

por Pequeno caso sério, em 20.09.16

Eu ainda sou do tempo em que não havia cá  modernices de computadores, tablets ou smartphones. 

E como é que resolvíamos as coisas?! 

Muito simples:

csscissors.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)